BREVE DISCUSSÃO DA ANÁLISE FORMALISTA DE EIKHENBAUM SOBRE O CAPOTE, DE GOGOL

Autores

  • Everton Vasconcelos Pinheiro Universidade Federal do Amazonas - UFAM
  • Rita do Perpétuo Socorro Barbosa de Oliveira Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Resumo

Neste artigo nos propomos a tecer comentário sobre a análise formalista feita por Boris Eikhenbaum da novela O Capote, de Nicolai Gogol. Como parte do desenvolvimento deste texto, apresentamos o resumo da obra que é o objeto da análise, discutimos seu gênero e as implicações pertinentes a isso, fazemos breve biografia do autor, discorremos sobre a época em que a novela foi publicada, apresentamos a perspectiva teórica da crítica literária formalista e, por fim, demonstramos como é feita a análise de Eikhenbaum. Este artigo originou-se da aula que foi por mim lecionada, na condição de monitor no curso de Letras – Língua e Literatura Portuguesa, na disciplina Teoria da Literatura III, com a professora Rita Barbosa, em que um dos assuntos do conteúdo programático consiste no estudo dos tipos de crítica literárias do século XX.

Biografia do Autor

Everton Vasconcelos Pinheiro, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Graduando em Letras - Língua e Literatura Portuguesa pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM.

Rita do Perpétuo Socorro Barbosa de Oliveira, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Professora Adjunta no Departamento de Língua e Literatura Portuguesa (DLLP)

Downloads

Como Citar

Pinheiro, E. V., & Oliveira, R. do P. S. B. de. (2014). BREVE DISCUSSÃO DA ANÁLISE FORMALISTA DE EIKHENBAUM SOBRE O CAPOTE, DE GOGOL. Revista Decifrar, 2(3), 213. Recuperado de https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/Decifrar/article/view/1048

Edição

Seção

ARTIGOS (DOSSIÊ)

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>