LITERATURA DE EXPRESSÃO FEMININA À SOMBRA DA VIOLÊNCIA: UMA ANÁLISE DE A CHAVE DE CASA

Autores

  • Janaína Buchweitz e Silva UFPel

Resumo

o romance A chave de casa, publicado em 2008, problematiza o tem da violência partindo de diferentes vertentes, dentre elas a questão da violência contra a mulher e as violências oriundas da opressão imposta pelo regime ditatorial brasileiro. Partindo de referencial teórico proposto por autores como Figueirero (2013, 2017 e 2019), Bourdieu (2019), Sarlo (2007) e Woolf (2014), observa-se que a reconstituição do período ditatorial brasileiro é feita por uma representante da geração descendente, que nos apresenta um olhar feminino deste importante período histórico, que é ainda acompanhado de reflexões sobre questões pertinentes ao universo feminino. Nesse sentido, busca-se uma aproximação entre as diferentes formas de violência abordadas, no que se apresenta como uma alternativa ao discurso oficial, em que a escrita atua como forma de combate ao silenciamento.

 

Downloads

Publicado

2022-12-28

Como Citar

Buchweitz e Silva, J. (2022). LITERATURA DE EXPRESSÃO FEMININA À SOMBRA DA VIOLÊNCIA: UMA ANÁLISE DE A CHAVE DE CASA. Revista Decifrar, 10(20), 141–154. Recuperado de //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/Decifrar/article/view/10694

Edição

Seção

TEMAS LIVRES