A RESISTÊNCIA DOS POVOS ORIGINÁRIOS – DE 1500 AO MARCO TEMPORAL

Autores

  • Michel Justamand UFAM

Resumo

O texto se divide em três partes: a 1ª parte – As minhas influências como historiador e antropólogo de formação e arqueólogo por pesquisar vestígios humanos; 2ª parte – Contribuições das/os autores indígenas e outras/os para a resistência e luta; e, por fim, 3ª parte – A situação atual e seus desdobramentos como a luta pelo Marco Temporal, condição sine qua non para a continuidade do modo de vida indígena, seja nas aldeias/comunidades ou em outros locais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michel Justamand, UFAM

Concluí os cursos de Bacharel e Licenciado em História pela PUC/SP (1999); Habilitado em Filosofia (2001) e em Sociologia (2002) ambos pela PUC/SP; Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP (2002); Licenciado em Pedagogia pela UniNove/SP (2003); Doutor em Ciências Sociais/Antropologia pela PUC/SP (2007); Pós-Doutor em História pela PUC/SP (2012); e Pós-Doutor em Arqueologia pela UNICAMP (2017). Sou orgulhoso por ter sido Professor de História e Geografia no Ensino Fundamental e de História e Sociologia no Ensino Médio da Rede Pública Estadual de São Paulo entre 1995 e 2009. Orgulho-me também por ter sido Professor Voluntário de História no Cursinho Pré-Vestibular dos Alunos e Alunas da PUC/SP, entre os anos de 1997 e 1999. Fui Professor da Universidade Bandeirante/UNIBAN de São Paulo, entre 2002 e 2007. Fui Professor do Curso de História da Universidade do Estado do Amazonas/UEA, em Tefé, no Médio Solimões, entre 2008 e 2009. Sou Docente do Curso de Bacharelado de Antropologia da Universidade Federal do Amazonas/UFAM, no Alto Solimões, em Benjamin Constant, desde 2009. É Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia/PPGSCA, desde 2014. Dirijo com Gilse Elisa Rodrigues a Coleção Fazendo Antropologia no Alto Solimões/FAAS desde 2012. Participo de grupos de pesquisas na UFAM, UNICAMP e PUC/SP, (em processo de remoção judicial da UFAM para a UNIFESP).

Downloads

Publicado

2022-10-24

Como Citar

Justamand, M. (2022). A RESISTÊNCIA DOS POVOS ORIGINÁRIOS – DE 1500 AO MARCO TEMPORAL. Somanlu: Revista De Estudos Amazônicos, 22(2), 113–131. Recuperado de //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/somanlu/article/view/11065