VARIABILIDADE PLUVIOMÉTRICA E AS LAVOURAS SAZONAIS NO MUNICÍPIO DE TAPEROÁ, PARAÍBA

  • Lucas Suassuna de Albuquerque Wanderley
  • Roberto Correia Moretti
Palavras-chave: Variabilidade Pluviométrica, Semiárido, Lavouras Sazonais.

Resumo

O presente trabalho procurou estudar a variabilidade pluviométrica no município de Taperoá na Microrregião do Cariri paraibano, a fim de compreender o comportamento das chuvas no semiárido, com o intuito de lançar questionamentos a respeito da convivência com o clima. E a partir de então auxiliar no desenvolvimento de politicas contextualizadas com a realidade pluviométrica local. A metodologia teve como base a coleta de dados na Fazenda Carnaúba no município de Taperoá/PB, nos anos de 1978 a 2011, utilizando os cálculos do IAC (Índice de Anomalia de Chuva) desenvolvida por Rooy (1965) e adaptada por Freitas (2004; 2005).O estudo comprovou a existência de uma intensa variabilidade interanual e intra-anual das precipitações pluviométricas no local de estudo, que afeta diretamente a vida da população municipal. Pois a economia do município possui importante representatividade das atividades agropecuárias, as quais estão bastante vulneráveis às flutuações do clima.
Publicado
2012-10-06
Como Citar
Wanderley, L. S. de A., & Correia Moretti, R. (2012). VARIABILIDADE PLUVIOMÉTRICA E AS LAVOURAS SAZONAIS NO MUNICÍPIO DE TAPEROÁ, PARAÍBA. REVISTA GEONORTE, 3(9), 1181 -. Recuperado de https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2573