Equipe Editorial

Editora-Chefe

Ana Rivick Lira Bernardo: Graduanda em Licenciatura em História pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Membro do Laboratório de Estudos sobre História Política e Trabalho na Amazônia (LABUHTA), atuando na linha de pesquisa Etnicidade e Mundos do Trabalho em perspectiva Decolonial. Membro da equipe editorial da Revista Discente do curso de História da UFAM - Manduarisawa e da Revista do Programa de Pós-Graduação de História da UFAM - Canoa do Tempo. Pesquisa na área de História Indígena e do Indigenismo e História da Amazônia, e atualmente, pesquisa na área de História Política. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Editor-Adjunto

César Aquino Bezerra:  Doutorando e Mestre em História na Universidade Federal do Amazonas (PPGH-UFAM) e licenciado em História na Universidade do Estado do Amazonas (CESP-UEA). Bolsista da FAPEAM. Desenvolveu três projetos de iniciação científica sobre a trajetória da atriz Léa Garcia, entre as décadas de 1950-1970 (PAIC/UEA/FAPEAM). Pesquisador do grupo de pesquisa Grupo de Estudos Históricos do Amazonas (GEHA/CNPq). Tem experiência em História do Brasil República, Pós-Abolição, Relações Raciais, Relações de Gênero, História do Amazonas, Protestantismo na Amazônia e História Oral. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Secretária

Karen Paola Castelo Branco Gomez: Graduanda em Licenciatura Plena em História pela Universidade Nilton Lins (UNL); Membro da Equipe Editorial da Revista Eletrônica Discente do Curso de História da UFAM - Manduarisawa e Estagiária Monitora da Área da Educação na Maple Bear Canadian School. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Conselho Editorial

Ana Beatriz Lima da Silva: Graduanda em História pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), atua na linha de pesquisa Processos Políticos e Cultura Política no Brasil Republicano. Vinculada ao Laboratório de Estudos sobre História Política e do Trabalho na Amazônia (LABUHTA). Editora adjunta da Revista Manduarisawa, revista discente do curso de História da UFAM. Ex-diretora de Memória e Patrimônio do Centro Acadêmico Cultural de História do Amazonas na gestão Hipátia (2020).  (Fonte: Currículo Lattes)

 

Andrew Matheus Medeiros da Conceição: Graduando em História pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), atua na linha de pesquisa Ditadura, Autoritarismo e Repressão na América Latina. Atualmente participa no Programa de Iniciação Científica (PIBIC) com o projeto "O Centro de Instruções de Guerra na Selva (CIGS) no contexto da ditadura militar (1964-1979)", como bolsista. Membro do Laboratório de Estudos sobre História Política e do Trabalho na Amazônia (LABUHTA) e participa do conselho editorial da revista eletrônica discente do curso de história da UFAM "Manduarisawa". (Fonte: Currículo Lattes)

 

Carlos Eduardo Ribeiro da Silva: Graduando em Licenciatura Plena em História pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Atualmente, desenvolve um projeto pesquisa no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) com o título: "Funções, comparações e representações dos monarcas: Ciro, Cambises e Dario nas Histórias de Heródoto". Membro do Laboratório de Estudos em História Cultural (LEHC) e do corpo editorial da Manduarisawa - Revista Eletrônica Discente do Curso de História da Universidade Federal do Amazonas. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Christine Oliveira Andrade: Graduanda em Licenciatura em História pela Universidade Federal do Amazonas, espaço em que desenvolve um Projeto de Iniciação Científica (IC) fomentado pelo CNPq. Atua como Editora na Revista de Graduação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) - Manduarisawa; Membro da equipe editorial da Revista do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) - Canoa do Tempo; Membro do Laboratório de Estudos sobre História Política e do Trabalho na Amazônia (LABUHTA); Membro do GT- Mundos do Trabalho. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Francisco Adriano Leal Macêdo: Possui graduação em História pela Universidade Federal do Piauí (2018), especialização em História Afro pela Faculdade Dom Alberto (2021) e mestrado em História do Brasil pelo Programa de Pós-Graduação em História do Brasil da Universidade Federal do Piauí (2021). Atualmente é doutorando em História Social pela Universidade Federal do Amazonas. Durante o percurso de pesquisa empreendido, tem publicado artigos em periódicos especializados, trabalhos em anais de eventos e capítulos de livros. Desenvolve pesquisas na área de História, com ênfase em História do Brasil. Possui interesse em: História intelectual, trajetórias, cultura, poder, práticas políticas, e maneiras de pensar o Estado-Nação. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Jorge Anderson Xavier de Moraes: Graduando em História pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Editor da Revista Manduarisawa - Revista Eletrônica Discente do Curso de História da UFAM. Desenvolve pesquisa de Iniciação Científica (PIBIC/UFAM) no Laboratório de História Oral e Audiovisual do Amazonas (LABHORA-UFAM) intitulada De Maria Severa Fonseca à Keilah Fonseca: Memórias narrativas das crioulas do quilombo urbano do barranco de São Benedito. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Rielem Siqueira Fernandes: Estudante do curso de Licenciatura em História (UFAM), desenvolvendo PIBIC na área de História Política. É membra do Laboratório de Estudos sobre História Política e do Trabalho na Amazônia (LABUHTA). Atua como Diretora de Comunicação e Imprensa do Centro Acadêmico de História - CACHA na gestão Amarelo (2021/2022), editora da Revista discente Manduarisawa (UFAM) e voluntária do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Atualmente com interesses em História Política, História da Amazônia e História Social. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Victoria Katarina Cardoso Lima: Estudante do terceiro período do curso de Licenciatura em História (UFAM) e do quinto período do curso de Licenciatura em Sociologia na modalidade EaD (Anhanguera). Desenvolve PIBIC em Antropologia Urbana. É membra do Grupo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Sexualidades e Interseccionalidades (GESECS/UFAM) e do Grupo de Pesquisa ILHARGAS - cidades, políticas e saberes na Amazônia (UFAM). Atua como editora na MANDUARISAWA - Revista Discente do Curso de História da UFAM. Tem interesse nos temas: educação, juventudes, cidade, violência e marcadores sociais da diferença. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Rodolpho Luiz Almeida Vieira: Possui graduação em Licenciatura Plena em História pela Universidade Nilton Lins, especialização em Metodologia de Ensino de História e em Docência no Ensino Superior, ambas pela Uniasselvi, especialização em Mídias na Educação pela Universidade Federal do Amazonas e especialização em Didática do Ensino Superior pela Universidade Nilton Lins. Participou como bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência (PIBID-CAPES), além de ser voluntário do projeto "Colégio Amazonense Dom Pedro II: memória, patrimônio e fontes históricas". Atualmente é mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Amazonas, graduando em Licenciatura Plena em Pedagogia pelo Uni Dom Bosco, membro da equipe editorial da Revista Eletrônica Discente do curso de História da UFAM - Manduarisawa, professor da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (SEDUC-AM) e professor universitário atuando no curso de graduação em Licenciatura Plena em História e na pós-graduação em Didática do Ensino Superior da Universidade Nilton Lins. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Conselho Científico

Prof. Aldrin Moura de Figueiredo: Graduado em História (UFPA, 1989), especialista em Antropologia Social (UFPA, 1993), mestre e doutor em História (UNICAMP, 1996, 2001) e bolsista de produtividade do CNPq. Desde 1991 é professor da Faculdade de História da UFPA. Sua área de interesse procura conexões entre a história cultural, as artes visuais e o ensaio crítico. Dedica-se ao estudo das artes plásticas e literárias na Amazônia nos séculos XIX e XX, patrimônio histórico e história social da intelectualidade na Amazônica (séculos XVIII-XX). Realizou curadorias e consultorias em diversos projetos com instituições brasileiras e estrangeiras. Realizou estágio avançado em história da arte no Museu de América (Madri, Espanha) e intercâmbios de pesquisa em diversos museus europeus. Foi diretor do Centro de Memória da Amazônia (2013-2017), é membro do Conselho Editorial do Senado Federal, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará e é pesquisador vinculado à Cátedra João Lúcio de Azevedo (Instituto Camões e UFPA). Coordena o Grupo de Pesquisa em História Social da Arte (UFPA/CNPq) e é professor do Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia da Universidade Federal do Pará. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Prof. Babalawô Ivanir dos Santos: Professor e orientador no Programa de Pós-graduação em História Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pos-doutorando em História Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHC/UFRJ); em Membro da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN), do Laboratório de História das Experiências Religiosas (LHER-UFRJ) e Laboratório de Estudos de História Atlântica das sociedades coloniais pós coloniais (LEHA-UFRJ); Coordenador da Coordenadoria de Religiões Tradicionais Africanas, Afro-brasileiras, Racismo e Intolerância Religiosa (ERARIR/LHER/UFRJ); Conselheiro Estratégico do Centro de Articulações de População Marginalizada (CEAP); Interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR); Conselheiro Consultivo do Cais do Valongo; Vice-presidente da América Latina no Conselho Internacional da Ancient Religion Societies of African Descendants International Council (ARSADIC), Nigéria. Tem experiência nas seguintes áreas: Educação Étnico-racial e questões africanas; Direitos Humanos e Cidadania; Relações Internacionais; Religiões tradicionais da África Ocidental e Afro-brasileiras. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Prof. Benito Bisso Schmidt: É licenciado (1990) e bacharel (1992) em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, mestre em História pela mesma instituição (1996) e doutor em História Social do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2002), com estágio no Centre d'Histoire Sociale du XXe Siècle (Université Paris 1 - Panthéon-Sorbonne) (2001). Foi professor do Departamento de Biblioteconomia e História da Fundação Universidade do Rio Grande - FURG (1992-1993). Atualmente, é Professor do Departamento (desde 1994) e do Programa de Pós-Graduação (desde 2003) em História da UFRGS. Também integra o corpo docente do Mestrado Profissional em Ensino de História - PROFHIST (desde 2014). Foi Maître de Conférences na École des Hautes Études en Sciences Sociales - EHESS, Paris (2005 e 2011). Foi titular da Cátedra Simón Bolívar do Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine - IHEAL (Université Paris 3 - Sorbonne Nouvelle) de janeiro a maio de 2014; professor convidado junto ao Department of Romance and Latin-American Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém, em maio de 2014, e ao Mestrado em Ciências Humanas da Universidad de la República (Uruguai), em maio de 2016; e Distinguished Fulbright Visiting Scholar na Emory University (EUA), de agosto a dezembro de 2017. Foi secretário (2002-2004) e presidente (2006-2008) da Seção Rio Grande do Sul da Associação Nacional de História - ANPUH-RS. Integrou a diretoria da ANPUH nacional como segundo tesoureiro (gestão 2009-2011) e como presidente (gestão 2011-2013), atualmente é seu secretário geral (gestão 2019-2021). Foi também vice-presidente da Associação Brasileira de História Oral - ABHO e editor da revista História Oral (2010-2012). Dirigiu o Memorial da Justiça do Trabalho no Rio Grande do Sul vinculado ao Tribunal Regional do Trabalho da 4a Região entre 2008 e 2011. Integra o Grupo de Pesquisa "Teoria e Metodologia da História" e o Laboratório de Ensino de História e Educação (LHISTE), ambos vinculados ao CNPq. Ministra disciplinas na área de Teoria e Metodologia da História e pesquisa sobre temas como: história LGBTQI+ e teoria queer, gênero biográfico, história social da memória, história do trabalho, história das relações de gênero e ditaduras na América Latina. De fevereiro a dezembro de 2018, realizou estágio Sênior Sênior no Exterior na Brown University (EUA), com bolsa CAPES. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Prof. Dr. César Augusto Bubolz Queirós: O pesquisador possui graduação em Bacharelado e Licenciatura em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1997), Mestrado em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000) e Doutorado em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012). Atualmente, é professor Adjunto da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), atuando tanto no Departamento de História quanto no Programa de Pós-Graduação em História. É docente permanernte do Programa de Pós-Graduação em História da UNIFAP. Atualmente, exerce a função de Coordenador do Laboratório de Estudos sobre Trabalho e Ditadura e é membro do corpo editorial da Canoa do Tempo - revista do Programa de Pós-Graduação em História da UFAM, da qual foi editor entre os anos de 2016-2018. Exerce as funções de Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História da UFAM, Coordenador do Curso de História do PARFOR e é presidente da ANPUH/AM. Foi Coordenador Nacional do GT Mundos do Trabalho no biênio 2014-2016. É líder do grupo de pesquisa do CNPq Centro de Estudos sobre Trabalho e Ditadura e é mebro dos grupos Governos Militares na Amazônia: entre memórias e histórias(UFPA) e História Social da Amazônia (UFAM). Tem experiência na área de História, com ênfase em História da Amazônia e do Brasil Republicano, atuando principalmente nos seguintes temas: história política, história do trabalho, Ditadura Militar, Trabalhismo e Populismo. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Prof. Jaci Guilherme Vieira: Professor titular da Universidade Federal de Roraima e ao longo desses últimos anos tem trabalhado com História do Brasil República, atuando principalmente nos seguintes temas: Povos indigenas e ditadura militar na Amazônia. Em Roraima tem se dedicado a estudar a resistência dos povos indígenas desde o período colonial a homologação da terra indígena Raposa Serra do Sol, como também a influencia da Igreja Católica em todo esse processo .Possui graduação e mestrado pela Universidade Federal de Santa Catarina em História. Doutorado em História pela Universidade Federal de Pernambuco. Pós Doutorado pela Universidade Federal do Pará. . jacivieira@uol.com.br ( Particular) jaci.vieira@ufrr.br( Institucional) Tel 95 981220607 (Whatsaap). (Fonte: Currículo Lattes)

 

Prof. Dra. Kátia Cilene do Couto: Graduação em História pela Universidade Federal de Goiás (1997), mestrado em História pela Universidade Federal de Goiás (2002) e doutorado em História pela Universidade de Brasília (2006). Tem atuado principalmente nos seguintes temas: migração, memória, identidade, trabalho e movimentos sociais. (Fonte: Currículo Lattes)

 

Ex-Membros

Avelino Pedro Nunes Bento Da Silva

Alessandra da Silva Supriyadi

Davi Monteiro Abreu

Dimitri José da Costa Maciel

Elizabeth Francielly Alecrin Macedo

Evelyn Marcele Campos Ramos

Isabela Cristina Botelho Senna Albuquerque

Ivanelison Melo de Souza

Jandira Magalhães Ribeiro

Janielly Cordeiro de Castro

Jefferson Fernandes de Souza

José Evan Bentes da Silva Júnior

Kívia Mirrana Pereira

Larissa Leite Colares

Mayra de Oliveira Uchôa

Maria Paula de Souza Pinheiro

Mariza Granjeiro dos Santos

Narciso Passos de Freitas

Paola da Cruz Rodrigues

Raoni Araujo Lopes

Romulo Thiago Oliveira de Sousa

Sami De Figueiredo Maciel

Wenderson Macedo de Lima

Thaieny Gama Barata