DJALMA BATISTA: O COMPLEXO DA AMAZÔNIA COMO CUIDADO DE SI

DJALMA BATISTA: THE AMAZON COMPLEX AS SELF-CARE

  • Vinicius Alves do Amaral
Palavras-chave: Intelectuais, Amazônia, Correspondência

Resumo

A partir da correspondência entre o médico Djalma Batista e o historiador Arthur Cezar Ferreira Reis, o presente artigo defende a hipótese de que a maior obra do primeiro, O Complexo da Amazônia (1977), tratou-se não apenas de um empreendimento intelectual destinado a clarear a compreensão sobre os obstáculos e as potencialidades da região, mas também de uma forma de superar a desfavorável condição de saúde pela qual o autor vinha passando. Nesse sentido, o conceito de cuidados de si de Michel Foucault será essencial em nossa análise.

Biografia do Autor

Vinicius Alves do Amaral

Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Graduado em História pelo Centro Universitário do Norte (UNINORTE/LAUREATE), mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Amazonas (PPGH-UFAM). Professor Docente I na Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (SEEDUC-RJ). E-mail: viniciuscarqueija@gmail.com

Referências

AFFONSO, Almino. Djalma Batista e a Petrobrás. In: BRAGA, José (Org.). Reencontro com Djalma Batista. Manaus: EDUA, 2016.

BATISTA, Djalma. A palavra do presidente. Revista da Academia Amazonense de Letras, n. 14, dez. 1969.

BATISTA, Djalma. Amazônia: Cultura e sociedade. 3ª ed. Manaus: Editora Valer, 2006.

BATISTA, Djalma. Lições do Cinquentenário. Revista da Academia Amazonense de Letras, n. 27, Manaus, jul-dez 1968.

BATISTA, Djalma. O complexo da Amazônia: análise do processo de desenvolvimento. 2ª ed. Manaus: Editora Valer/ EDUA/ Inpa, 2007.

BATISTA, Djalma. Saudação a Arthur Cezar Ferreira Reis. Revista da Academia Amazonense de Letras, n. 27, Manaus, jul-dez 1968.

BATISTA, Edith Limongi et. ali. Artigos e Crônicas. Manaus: EDUA, 2016.

CALVINO, Ítalo. A palavra escrita e não-escrita. In: AMADO, Janaína; FERREIRA, Marieta Moraes (Orgs.). Usos e abusos da História Oral. 5ª ed. Rio de Janeiro: FGV, 2002.

CHAVES, Claúdio. Djalma Batista: ciência e medicina. In: BRAGA, José (Org.). Reencontro com Djalma Batista. Manaus: EDUA, 2016.

COSTA, Selda Vale da. Por rios amazônicos: conversas epistolares com Nunes Pereira. In: BASTOS, Élide Rugai; PINTO, Renan Freitas (Orgs.). Vozes da Amazônia: investigação sobre o pensamento social brasileiro. Manaus: Ufam, 2007.

DANTAS, Hélio. Arthur Cezar Ferreira Reis: trajetória intelectual e escrita da História. Jundiaí: Paco Editorial, 2014.

FOUCAULT, Michel. A escrita de si. In: Ditos e escritos: Ética, sexualidade e política. Vol. V. trad. Elisa Monteiro e Inês Autran Dourado Barbosa. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2004.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade II: o uso dos prazeres. Trad. Maria Thereza Albuquerque. São Paulo: Paz e Terra, 2014.

FOUCAULT, Michel. Microfisica do Poder. Org. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979.

GONTIJO, Rebeca. História, cultura, política e sociabilidade intelectual. In: ABREU, Martha et. ali. Culturas políticas: ensaios de história cultural, história política e ensino de história. Rio de Janeiro: MAUAD/FAPERJ, 2005.

NAPOLITANO, Marcos. 1964: História do regime militar brasileiro. 7ª reimp. São Paulo: Contexto, 2019.

OLIVEIRA, Lúcia Lippi de. Elite intelectual e debate político nos anos 30. Brasília/Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro/ Fundação Getúlio Vargas, 1980.

PACHECO, Alexandre. A narrativa heroico-nacionalista de Arthur Reis na representação da defesa da Amazônia pelos portugueses e luso-brasileiros em A Amazônia e a Cobiça Internacional – anos de 1960. História da Historiografia, v. 10, 2012.

PAIVA, Marco Aurélio Coelho de. A conquista intelectual do Amazonas (1900-1930). Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Ciências Humanas e Letras, São Paulo, 2000.

PANZU, Angela. O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia: trajetória institucional por meio de suas práticas científicas (1954-1975). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.

REIS, Arthur Cezar Ferreira. O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia: origem, objetivos, funcionamento e sua contribuição para o conhecimento realístico da Amazônia. Raízes da Amazônia, Manaus: Inpa, 2005.

REIS, Arthur Cezar Ferreira. Temas amazônicos. Manaus: Imprensa Oficial, 1983.

SIRINELLI, Jean-François. Os intelectuais. In: REMOND, René (Org.) Por uma história política. 2ª ed. Trad. Dora Rocha. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2003.

Publicado
2021-10-05
Como Citar
Amaral, V. A. do. (2021). DJALMA BATISTA: O COMPLEXO DA AMAZÔNIA COMO CUIDADO DE SI: DJALMA BATISTA: THE AMAZON COMPLEX AS SELF-CARE. Canoa Do Tempo, 13, 1-24. https://doi.org/10.38047/rct.v13.FC.2021.al6.p.1.24
Seção
Artigos Livres