MEMORIAL NO TEMPO DA PANDEMIA

  • Freddy Orlando Espinoza Cárdenas

Resumo

Relatos de um estudante de pós-graduação, a maneira de cronograma biográfica, no tempo da epidemia do Covid-19 no Amazonas. Doutorando em Sociedade e Cultura na Amazônia, enquanto se preparava para sua Qualificação, ficou em quarentena por considerar-se em risco. Durante esse tempo a pandemia tornou-se, não só tema principal senão também comportamental, por causa da perigo da doença. A atitude diária exigia novas ações e decisões. A pandemia penetrava em todas os cantos da sociedade humana, deixava a sua marcas e suas pegadas, e Manaus não foi a exceção, novas formas e maneira se assumiriam, sobretudo no que se referia a profilaxia e assepsia na saúde pública: Máscaras, isolamento e distanciamento social, prevenções e atenções médicas, etc. As relações familiares, fraternas e laborais se complicaram e tornaram-se complexas, provocando novas formas de interação; a internet e os médios de comunicação foram essenciais para proceder nestes Tempos de Pandemia. Era consciente que a minha tese estava sendo atravessada por uma nova percepção e visão do mundo, daí que deveria intentar descrever e relatar este novo período da humanidade. Este texto busca construir uma pequena memória deste marco divisor que experimentamos hoje, através de enumeração de relatos à maneira de cronograma, da própria vivência do autor, apoiado por programas de TV e Facebook, Whatsapp, Instagram na internet, a fim de explicar como este tempo marcará nossas vidas para sempre.

Publicado
2021-05-24