MASSINHA DE MODELAR COMO MODELO DIDÁTICO DE BAIXO CUSTO PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS

Autores

  • Ana Odete de Oliveira Sena da Silva Universidade Federal do Amazonas - UFAM
  • Karla Gyovana de Souza Costa Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Palavras-chave:

Ensino por investigação, Estratégias educacionais, Massinha de modelar, Modelos didáticos

Resumo

Quando se fala em modelos didáticos, geralmente pensa-se que cabe somente ao professor desenvolvê-los para que estes contribuam para sua aula, estimulando a aprendizagem e enriquecendo o conhecimento. Entretanto, visando as mais atuais formas de ensino, como por exemplo, o ensino por investigação, o aluno pode ser o grande realizador de ideias e o próprio detentor do conhecimento, de modo que os estudantes terão a oportunidade de construir entendimentos científicos (da área da ciência) baseados em seus próprios questionamentos e levantamentos de hipóteses. Nesse caso, a massa de modelar, conhecida popularmente como massinha, surge como proposta de ser um instrumento facilitador do ensino, utilizando-se da matéria prima para a construção de diversos modelos didáticos, que além de possuir baixo custo, pode ser produzida em sala de aula pelos próprios alunos, com materiais acessíveis e de fácil manuseio, abordando temáticas diferentes como o corpo humano e Botânica. Dentre os materiais utilizados para a produção dessas massinhas, estão: Sal, farinha de trigo, óleo, água e corante alimentício ou tinta guache dependendo da turma a ser trabalhada. A ação proposta foi desenvolvida na Escola Estadual Cacilda Braule Pinto, com as turmas de 8° ano, durante as aulas envolvendo o conteúdo do sistema circulatório, de forma que foi observado maior desempenho dos estudantes quanto à compreensão do conteúdo. As atividades desenvolvidas para a confecção desses recursos são direcionadas para o âmbito escolar com o intuito de explorar as estratégias educacionais que despertem nos alunos uma visão mais ampliada do conteúdo, tornando então, as aulas mais atrativas, significativas, dinâmicas e investigativas, com isso, a tendência é que os alunos possam fixar melhor o conteúdo.

Downloads

Publicado

2021-06-23

Como Citar

DA SILVA, A. O. de O. S.; COSTA, K. G. de S. MASSINHA DE MODELAR COMO MODELO DIDÁTICO DE BAIXO CUSTO PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 3, n. esp., p. 13, 2021. Disponível em: //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/8693. Acesso em: 20 fev. 2024.