http://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/gateway/plugin/AnnouncementFeedGatewayPlugin/atom Revista Eletrônica Mutações: Anúncios 2022-08-16T01:41:11+00:00 Open Journal Systems <p><strong>A Revista Eletrônica Mutações (RELEM)</strong> é um periódico científico-tecnológico semestral ligado à <strong>Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), ao Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ambientes Amazônicos (NEPAM/UFAM)</strong> <strong>e ao Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). </strong>Reúne trabalhos inéditos relacionados à cultura, linguagem e espacialidade. As edições se constituem na forma de dossiês temáticos (artigos científicos, resenhas, reportagens, visualidades e entrevistas), com temas relacionados à linguagem (discursos e conteúdos), cultura (comunicação, mídia e cibercultura) e espacialidade (territorialidades, representações e espaços vividos). <strong>Tendo como propósito fomentar diálogos interdisciplinares</strong>, o periódico objetiva publicar textos que levam em consideração o fato dos ambientes sociais representarem modelos políticos e econômicos e, portanto, expressarem lutas e conflitos disseminados no cotidiano.</p> <p>A <strong>Relem</strong>, <strong>ISSN Eletrônico 2178-7018</strong>, foi classificada pelo Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2014/2016, no estrato B4 nas áreas de Geografia, Interdisciplinar e Planejamento Urbano e Regional / Demografia, no estrato B5 na área de Ciências Ambientais, Comunicação e Informação, Psicologia, Sociologia e no estrato C na área de Linguística e Literatura.</p> <p>A classificação afeita ao Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2017/2020 apresenta o <strong><em>QUALIS CAPES: B3 (Single Qualis 2019)</em>. </strong>Esta classificação ainda está em fase conclusão para ampla divulgação.</p> <p><strong><em>Está em processo de revisão da política editorial de modo a ampliar o espectro de alcance científico.</em></strong></p> //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/announcement/view/228 Edição v. 14 n. 23 (2021): CIÊNCIA EM DEBATE: interfaces na produção do conhecimento” (& Tema Livre) 2022-08-16T01:41:11+00:00 Revista Eletrônica Mutações <p>A Revista Eletrônica Mutações está reunindo textos/manuscritos inéditos para a composição final da “Edição v. 14 n. 23 (2021): CIÊNCIA EM DEBATE: interfaces na produção do conhecimento”, que será lançada em breve. Esta edição está em processo de editoração tardia que será corrigida. Tal atraso decorre das consequências da pandemia do novo coronavírus (já aludidas em anúncios pretéritos) e que superaremos.</p> <p>Objetiva-se nesta edição reunir produções teórico-práticas, advindas de pesquisas expressas em artigos/manuscritos de revisão teórica e/ou pesquisa bibliográfica e/ou de campo e/ ou relatos de experiência e/ou conferências/mesas redondas/palestras e/ou ensaios.</p> <p> </p> <p>Para tanto, solicitamos aos/às autores(as) que enviem seus manuscritos até o dia 05 de outubro, para fecharmos este ciclo a contento.</p> <p><strong>Orientações</strong></p> <p> </p> <p>Obs: <strong>(1)</strong> Os textos devem ser encaminhados para o e-mail: gladson@ufam.edu.br ou relemufam@gmail.com. Destacar em Assunto: <strong>“Edição v. 14 n. 23 (2021): CIÊNCIA EM DEBATE: interfaces na produção do conhecimento”</strong>. Em caso de dúvidas sobre o processo, encaminhar mensagens de e-mail para o mesmo endereço acima. Na sequência, após o envio do trabalho por e-mail, realizar o cadastro na plataforma da Relem no endereço: https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index de acordo com as orientações da Relem.</p> <p><strong>(2)</strong> Anexar declaração de revisão textual (norma culta da língua) conforme Anexo I.</p> <p><strong>(3)</strong> Caso o envio seja feito via sistema da Relem, deve-se destacar “Edição v. 14 n. 23 (2021): CIÊNCIA EM DEBATE: interfaces na produção do conhecimento” no campo “Comentários ao Editor”.</p> <p><strong>1. ARTIGO CIENTÍFICO/MANUSCRITOS: MODELO A SER SEGUIDO</strong><br /><br />1.1 O título deve usar fonte Times New Roman, em corpo 12, negrito, caixa alta e baixa (só iniciais maiúsculas), usando no máximo 200 toques, cerca de duas linhas, não usar sublinhado e usar itálico só para grafias de palavras estrangeiras);</p> <p><strong>1.2 Título traduzido para o inglês</strong>. </p> <p><strong>1.3 Resumo</strong><br />1.3.1 Inserir o resumo do trabalho utilizando fonte Times New Roman, em corpo 10, com espaçamento simples entre as linhas. Mínimo de 400 e máximo de 900 toques (correspondentes ao mínimo de cinco e máximo de 10 linhas), em um só parágrafo.</p> <p> <br /><strong>1.4 Palavras-chave</strong><br />1.4.1 Inserir palavras-chave em sequência, na mesma linha, podendo ter um mínimo de 3 (três) e o máximo de 5 (cinco), separadas por ponto e vírgula. Usar fonte Times New Roman em corpo 12.</p> <p><strong>1.5 Abstract </strong>obedecendo às normas do <strong>Resumo</strong> .</p> <p><strong>1.5.1 Keywords </strong>obedecendo às normas das "<strong>Palavras-chave"</strong></p> <p><br /><strong>1.6 Corpo do trabalho</strong><br />1.6.1 Inserir texto do corpo do trabalho, usando exclusivamente a fonte Times New Roman, em corpo 12, com espaçamento 1,5 entre as linhas e margens justificadas com o máximo de 15 páginas, incluindo referências bibliográficas, tabelas e ilustrações. Para destaques, usar, apenas, o corpo itálico (grifo), excluindo-se totalmente o sublinhado e palavras em caixa alta (a não ser em siglas que não formem palavras, exemplo CNPq) e, nas referências bibliográficas, nos sobrenomes dos autores. O negrito poderá ser usado, exclusivamente, para destacar os subtítulos ou divisões do trabalho, sempre no mesmo corpo 12, em caixa alta e baixa. As citações de mais de 3 linhas devem ser digitadas em corpo 11, com espaçamento simples entre as linhas e destacadas do texto por margem esquerda maior que a do parágrafo; as citações de até três linhas devem integrar o corpo do texto e ser assinaladas entre aspas, como no exemplo (VIEIRA, 2005, p. 79).<br /><br />1.6.2 Inserir as notas do texto [inclusive as do título e do(s) autor(es)] em fonte (tipo) Times New Roman (não usar sublinhado e usar itálico só para grafia de palavras estrangeiras), em corpo 9 (nove), com espaçamento simples entre as linhas. As notas devem ser colocadas no pé de página, em modo de impressão (devem ficar visíveis na página). Recomenda-se, ainda, que o tamanho das imagens em bytes seja o menor possível, para evitar problemas de transmissão do trabalho via internet.</p> <p>1.6.3 *<em><strong>A partir do semestre 2022.1, a Relem passará a aceitar submissões de artigos/manuscritos somente de doutores e/ou estudantes de doutorado e/ou de graduados e mestres desde que entre os/as autores/as e coautores/as constem ao menos 1 (um/uma) doutor/a e/ou estudante de doutorado.</strong></em></p> <p>1.6.4 Aceitam-se artigos/manuscritos, preferencialmente com até 3 (três) autores/as. A Comissão Executiva Editorial e os Editores-Chefes deliberarão em reunião ordinária ou extraordinária pelo aceite de artigos/manuscritos em que conste entre 4 (quatro), 5 (cinco), 6 (seis) e no máximo 7 (sete) autores/as desde que atendidas as demais etapas e critérios presentes nesta Política Editorial.<br />1.6.5 Caso haja problemas no envio, solicita-se entrar em contato com a revista (<strong><span class="qu" tabindex="-1" role="gridcell" translate="no"><span class="go">relemufam@gmail.com</span></span></strong>).<br /><br /><strong>1.7 Referências bibliográficas</strong><br />1.7.1 As referências bibliográficas devem vir em fonte Times New Roman, em corpo 11, com espaçamento simples entre as linhas. As referências bibliográficas, no fim do trabalho, devem ter os dados completos e seguir as normas da ABNT 6023 para trabalhos científicos. Cada referência deve ocupar um parágrafo e devem estar separados por dois espaços simples.</p> <p><strong>1.8 Durante a submissão, anexar declaração de revisão da norma culta da língua conforme modelo (Anexo I).</strong></p> <p><strong>1.9 Durante a submissão, anexar declaração de atendimento a<em>os parâmetros éticos dados pela Resolução do Conselho Nacional de Saúde n° 466, de 12 de dezembro de 2012 e pela Resolução nº 510, de 07 de abril de 2016 em caso de pesquisa envolvendo seres humanos. Para autores/as estranngeiros, anexar declaração de atendimento aos parâmetros éticos equivalente.</em></strong></p> <p> </p> <p><strong>ANEXO I</strong></p> <p><strong>DECLARAÇÃO</strong></p> <p> </p> <p> </p> <p>Declaro para os devidos fins que o manuscrito <strong>“Título do manuscrito” de autoria de “Nome/s do/a/s autor/as ”</strong> segue a norma culta da língua portuguesa e/ou<em> Español</em>.</p> <p> </p> <p>Local/data.</p> <p>_________________________________________________</p> <p>Assinatura</p> <p>Nome do/a Revisor/a</p> <p>Revisor</p> <p>Titulação</p> <p>Instituição em que foi formado/a</p> <p>CPF e/ou Documento de Identificação nos casos de colaboradores de outros países falantes do português e/ou espanhol/<em> Español</em></p> <p> </p> <p>ANEXO I</p> <p><strong>DECLARACIÓN</strong></p> <p> </p> <p>Declaro para los debidos fines que el manuscrito <strong>“Título del manuscrito”</strong> de la autoría de <strong>“Nombre/s de las personas autoras”</strong>, cumple con la norma culta de la lengua portuguesa y/o española.</p> <p> </p> <p>Lugar y fecha</p> <p>_______________________________________</p> <p> </p> <p>Firma</p> <p>Nombre de la persona revisora</p> <p>Persona revisora</p> <p>Título</p> <p>Institución en la que fue graduado</p> <p><em>CPF y/o documento de identificación en los casos de personas colaboradoras de otros países hablantes del portugués y/o español.</em></p> <p><em><strong>ANEXO II</strong><br /><br /><strong>DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE/ÉTICA</strong><br /><br />Eu, “.............................<wbr />..............................<wbr />..............................<wbr />........................”, autor/a do<br />manuscrito intitulado “.............................<wbr />..............................<wbr />..............................<wbr />..........,” nos<br />seguintes termos:<br /><br />“Declaro que o trabalho supracitado atendeu aos parâmetros éticos dados pela Resolução do<br />Conselho Nacional de Saúde n° 466, de 12 de dezembro de 2012 e pela Resolução nº 510, de 07<br />de abril de 2016, razão pela qual torno pública minha responsabilidade pelo seu conteúdo.”<br /><br />Local e data<br /><br />..............................<wbr />..............................<wbr />.....................<br /><br />Assinatura Digital</em></p> 2022-08-16T01:41:11+00:00 //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/announcement/view/227 Prorrogado o prazo para envio de artigos para a "Edição v. 15 n. 24 (2022): DOSSIÊ: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional". 2022-08-15T03:18:20+00:00 Revista Eletrônica Mutações <p>Autoras (es) interessada(os) em submeter artigos para <strong>Edição v. 15 n. 24 (2022)</strong>: DOSSIÊ: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional, dispõem de mais tempo. O prazo foi prorrogado para o dia <strong>30 de agosto de 2022</strong>.</p> <p>Objetiva-se com esta edição reunir produções teórico-práticas acerca da diversidade de pesquisas que abrangem a formação e o trabalho profissional orientadas por um fio condutor: o Projeto Ético-Político hegemônico na categoria de inspiração marxiana.</p> <p> </p> <p>Essa linha de raciocínio corrobora a premência para que se decifrem continuamente as condicionantes/determinantes desse movimento que subjaz as relações sócio históricas no tempo presente em que a formação e o trabalho profissional são impactados e tensionados por tais mudanças macrossietárias.</p> <p> </p> <p><strong>Orientações</strong></p> <p> </p> <p>Serão aceitas colaborações do Brasil e do exterior em forma de artigos/manuscritos de revisão teórica e/ou pesquisa bibliográfica e/ou de campo e/ou relatos de experiência e/ou conferências/mesas redondas/palestras.</p> <p>Obs: <strong>(1)</strong> Os textos devem ser encaminhados para o e-mail: gladson@ufam.edu.br ou relemufam@gmail.com. Destacar em Assunto: DOSSIÊ: “PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional”. Em caso de dúvidas sobre o processo, encaminhar mensagens de e-mail para o mesmo endereço acima. Na sequência, após o envio do trabalho por e-mail, realizar o cadastro na plataforma da Relem no endereço: https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index de acordo com as orientações da Relem.</p> <p><strong>(2)</strong> Anexar declaração de revisão textual (norma culta da língua) conforme Anexo I.</p> <p><strong>(3)</strong> Caso o envio seja feito via sistema da Relem, deve-se destacar “DOSSIÊ: “PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional” no campo “Comentários ao Editor”.</p> <p> </p> <p>ANEXO I</p> <p><strong>DECLARAÇÃO</strong></p> <p> </p> <p> </p> <p>Declaro para os devidos fins que o manuscrito <strong>“Título do manuscrito” de autoria de “Nome/s do/a/s autor/as ”</strong> segue a norma culta da língua portuguesa e/ou<em> Español</em>.</p> <p> </p> <p>Local/data.</p> <p>_________________________________________________</p> <p>Assinatura</p> <p>Nome do/a Revisor/a</p> <p>Revisor</p> <p>Titulação</p> <p>Instituição em que foi formado/a</p> <p>CPF e/ou Documento de Identificação nos casos de colaboradores de outros países falantes do português e/ou espanhol/<em> Español</em></p> <p> </p> 2022-08-15T03:18:20+00:00 //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/announcement/view/221 Chamada Pública para o v. 15 n. 25 (2022) DOSSIÊ: Análise do Discurso no eixo Norte-Nordeste 2022-07-25T13:07:22+00:00 Revista Eletrônica Mutações <p>Este dossiê emerge do diálogo transversal, transcultural e epistemológico da situação hifenizada das multiterritorialidades Norte-Nordeste, conectadas discursivamente nas redes de mobilidades humanas e simbólicas de línguas, literaturas e linguagens. É a partir desta constelação epistêmica, rizomática e plural que buscamos pensar-agir-debater-trançar olhares, práticas e horizontes para mapear zonas de intervenção, cooperação, fortalecimento e ampliação das perspectivas de Análise do discurso no caleidoscópio chamado Norte-Nordeste, com suas axiologias, florestas, águas, secas, litoral, rios e vidas a apontarem outras formas de reexistir, traduzir e a diversidade na diferença destes tempos tão obscuros, tensos e desafiadores. </p> <p>A relação da Análise do Discurso com o Brasil se dá por meio das produções de Michel Pêcheux que aqui chegaram na década de 1980 trazidas por Eni Orlandi. Hoje, evidenciam-se algumas tendências diferentes daquelas que se ancoravam na teoria social crítica de viés marxista. Com o devido respeito às diferenças de abordagens e leituras de discursos, as pesquisas pautadas na perspectiva materialista do discurso têm avançado, marcando o lugar de uma prática reflexiva de autocrítica da análise do discurso, que como diz Pêcheux (2009), expressa suas “vicissitudes, guinadas e derrotas” pressionada por um movimento de intelectuais e de políticos que influenciaram essa disciplina ao tomarem os “discursos políticos” como objeto de estudo na década de 1960, na França.</p> <p>De lá para cá, no tempo e no espaço, a Análise do Discurso, espalhando-se por diversas partes do mundo, sobretudo na Europa e, particularmente, na América Latina marcada especialmente pelas contribuições do Brasil e da Argentina, avançou aliando a interpretação dos discursos ao conhecimento das determinações históricas. Tal movimento se dá porque a Análise do Discurso incorpora estudos de discursos que produzem efeitos de insurgir, de revoltar-se contra a ordem estabelecida, de fazer transparecer os conflitos entre as classes, silenciados pelas estratégias discursivas do capitalismo.</p> <p>Assim, como Pêcheux, entendemos a Análise do discurso é um “espaço incerto em que a língua e a história se confrontam e se enfrentam – mutuamente”. Essa assertiva nos leva a convocar os pesquisadores desse campo de conhecimento que se permitiram espraiar pelo Brasil e por outras partes do mundo, acumularam experiência, fizeram alianças intelectuais nos mais diversos espaços de produção; concordaram, descordaram e produziram novos saberes, chegando ao Norte e ao Nordeste brasileiros para verificar como “a língua e a história se confrontam e se enfrentam” nessas regiões.</p> <p>Pensando como Baldini e Zoppi-Fontana (2013), ao trataram sobre a Análise do Discurso no Brasil, acreditamos que a variedade de temas advinda da diversidade de objetos de pesquisa apreendidos na realidade social do Norte e do Nordeste podem contribuir para mostrar a força da Análise do Discurso e sua apropriação para o conhecimento dos processos históricos que constituem sentidos da vida em sociedade. O autor e a autora entendem que é condição necessária dessa abordagem aliar rigor analítico “ao vigor de uma tomada de posição explícita pela transformação política da sociedade” (BALDINI; ZOPPI-FONTANA, 2013).</p> <p>Dentro desta profusão de perspectivas, deslocamos nosso olhar para também acolher trabalhos que abordem o enfoque do pensador francês Michel Foucault (1982), para pensarmos a teoria do discurso, a história, o poder, as subjetividades, as linguagens, os arquivos, as memórias do/no eixo Norte-Nordeste. Abrir espaço para discutir as dimensões arqueológica e genealógica dessas duas regiões é, acima de tudo, ensaiar gestos de interlocução para rastrear as materialidades transgressivas, constituindo, assim, uma prática epistemológica sensível às fricções das orientações teórico-metodológicas. Deste modo, esperamos tecer um caleidoscópico discursivo que tensiona, descoloniza e questiona o próprio saber que se faz na encruzilhada dos imaginários.</p> <p>Não por acaso, a atual condição pestífera, nociva, da sociedade contemporânea atinge os campos, as florestas e as cidades, executando intensa violência, objetiva e subjetiva, aos povos subsumidos ao movimento predatório e a necropolítica. É esse o mundo que temos hoje: um lugar de expropriação de direitos, de ações negativistas e cerceadoras de liberdades política, cultural, econômica e social.</p> <p>Diante e para além deste problema, convidamos os pesquisadores e as pesquisadoras, de diferentes espaços geográficos, a publicarem seus estudos nesse espaço de debate, que toma os fundamentos da Análise do Discurso ancorada teórica e metodologicamente numa perspectiva discursiva que possibilita a crítica à essa realidade, desvelando as suas contradições. Desse modo, esperamos refletir sobre a interação entre línguas, literaturas e discursos, a partir de perspectivas teóricas e analíticas que sustentem olhares discursivos críticos acerca de estruturas e movimentos que reivindicam direitos humanos, sociais e políticos no caleidoscópio discursivo Norte-Nordeste. </p> <p> </p> <p><strong>Referências</strong></p> <p>BALDINI, José Siqueira and ZOPPI-FONTANA, Graciela: A Análise Do Discurso No Brasil. In Published by OxyScholar, 2013.</p> <p>PÊCHEUX, Michel. “O estranho espelho da Análise do Discurso: Prefácio”. Em <em>Análise do discurso político:</em> <em>O discurso comunista endereçado aos cristãos</em>, de Jean-Jacques Courtine, 16-21. São Paulo: EdUFSCar. 2009.</p> <p> </p> <p><strong>SUBMISSÕES DE ARTIGOS/MANUSCRITOS</strong>: de 25 de julho a 01 de outubro de 2022.</p> <p><strong>Obs:</strong> 1) Os textos devem ser encaminhados para o e-mail: <a href="mailto:gladson@ufam.edu.br">gladson@ufam.edu.br</a> ou <a href="mailto:relemufam@gmail.com">relemufam@gmail.com</a>. Destacar <strong>Análise de Discurso no eixo Norte-Nordeste. </strong>Em caso de dúvidas sobre o processo, encaminhar mensagens de e-mail para o mesmo endereço acima; 2) Anexar declaração de revisão textual (norma culta da língua) conforme Anexo I</p> <p><strong>Na sequência, após o envio do trabalho por e-mail, realizar o cadastro na plataforma da Relem no endereço: </strong><a href="https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index">https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index</a> de acordo com as orientações da Relem. No caso de envio via sistema, inserir a informação "Edição v. <strong>15 n. 25 (2022)</strong>: DOSSIÊ: <strong>Análise de Discurso no eixo Norte-Nordeste</strong>, em "Comentários ao Editor".</p> <p> </p> <p>ANEXO I</p> <p> </p> <p><strong>DECLARAÇÃO</strong></p> <p> </p> <p>Declaro para os devidos fins que o manuscrito <strong>“Título do manuscrito” de autoria de “Nome/s do/a/s autor/as ”</strong> segue a norma culta da língua portuguesa e/ou<em> Español</em>.</p> <p> Local/data.</p> <p>_________________________________________________</p> <p>Assinatura</p> <p>Nome do/a Revisor/a</p> <p>Revisor</p> <p>Titulação</p> <p>Instituição em que foi formado/a</p> <p>CPF e/ou Documento de Identificação nos casos de colaboradores de outros países falantes do português e/ou espanhol/<em> Español</em></p> 2022-07-25T13:07:22+00:00 //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/announcement/view/213 Atualização da Política Editorial da Revista Eletrônica Mutações a partir do semestre 2022.1. 2022-06-06T20:43:05+00:00 Revista Eletrônica Mutações <p>Tendo em vista atualizar as edições da Relem e potencializar as publicações represadas em decorrência das consequências advindas com a pandemia do novo corona vírus (SARS-CoV-2 / COVID-19), o <strong>Conselho Editorial analisou e deliberou pela aprovação da</strong> <strong>Nova </strong><strong>Política Editorial da Relem</strong> a ser adotada a partir do semestre 2022.1. A decisão foi subscrita pela <strong>Comissão Executiva Editorial e passará a valer a partir da</strong> <strong>data</strong> de sua publicação na Plataforma da Relem (06 de junho de 2022). Algumas das alterações já foram publicadas no anúncio realizado em 18 de maio de 2022 (Vide anúncio na data aludida).</p> <p>Abaixo, destacam-se as principais alterações adotadas:</p> <p>Com o intuito de qualificar as próximas edições da Relem, deliberou-se:</p> <p>1) pela atualização do banco de avaliadores/as/pareceristas (Ad Hoc) com chamada para ampla divulgação;</p> <p>2) pela adoção da <strong>modalidade/modelo de arbitragem</strong> <strong>"</strong><em><strong>Fast Track Publication</strong> <strong>"</strong></em><strong> </strong>de modo a agilizar o processo de publicação; </p> <p>3)<strong> </strong>pela <strong>reafirmação/retomada das publicações por Fluxo Contínuo/Temas Livres;</strong></p> <p>4) que <strong>os trabalhos/manuscritos encaminhados para a Relem até 31 de dezembro de 2021</strong> serão analisados conforme a Política Editorial vigente até a data aludida;</p> <p>5) que a<em> partir <strong>do semestre 2022.1, a Relem passará a aceitar submissões de artigos/manuscritos somente de doutores e/ou estudantes de doutorado e/ou de graduados e mestres desde que entre os/as autores/as e coautores/as constem ao menos 1 (um/uma) doutor/a e/ou estudante de doutorado;</strong></em></p> <p>6) que <strong>d</strong><strong>urante a submissão, a autoria deve anexar </strong><strong>DECLARAÇÃO DE REVISÃO DA NORMA CULTA DA LÍNGUA </strong><strong>conforme modelo (Anexo I)</strong></p> <p>Caso haja problemas no envio e/ou dúvidas, solicita-se entrar em contato com a revista (<strong>relemufam@gmail.com</strong>).</p> <p>ANEXO I</p> <p><strong>DECLARAÇÃO</strong></p> <p> Declaro para os devidos fins que o manuscrito <strong>“Título do manuscrito” de autoria de “Nome/s do/a/s autor/as ”</strong> segue a norma culta da língua portuguesa e/ou<em> Español</em>.</p> <p> Local/data.</p> <p>_________________________________________________</p> <p>Assinatura</p> <p>Nome do/a Revisor/a</p> <p>Revisor</p> <p>Titulação</p> <p>Instituição em que foi formado/a</p> <p>CPF e/ou Documento de Identificação nos casos de colaboradores de outros países falantes do português e/ou espanhol/<em> Español</em></p> <p> </p> <p>ANEXO I</p> <p><strong>DECLARACIÓN</strong></p> <p> Declaro para los debidos fines que el manuscrito <strong>“Título del manuscrito”</strong> de la autoría de <strong>“Nombre/s de las personas autoras”</strong>, cumple con la norma culta de la lengua portuguesa y/o española.</p> <p> Lugar y fecha</p> <p>_______________________________________</p> <p> </p> <p>Firma</p> <p>Nombre de la persona revisora</p> <p>Persona revisora</p> <p>Título</p> <p>Institución en la que fue graduado</p> <p><em>CPF y/o documento de identificación en los casos de personas colaboradoras de otros países hablantes del portugués y/o español.</em></p> <p>Comissão Executiva Editorial</p> <p> </p> 2022-06-06T20:43:05+00:00 //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/announcement/view/211 ERRATA - REF: DOSSIÊ: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional. 2022-05-18T17:21:43+00:00 Revista Eletrônica Mutações <p><strong>Na publicação/anúncio feita/o no dia 16 de maio de 2022, referente ao "DOSSIÊ: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional".</strong></p> <p><strong>ONDE SE LÊ:</strong> Edição v. 14 n. 23 (2021): DOSSIÊ: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional.<br /><strong>LEIA-SE:</strong> Edição v. <strong>15 n. 24 (2022)</strong>: DOSSIÊ: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional.</p> <p> </p> <p>Agradecemos seu interesse em nosso trabalho,<br />Comissão Editorial Revista Mutações</p> 2022-05-18T17:21:43+00:00 //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/announcement/view/210 Chamada para pareceristas Ad Hoc - Revista Eletrônica Mutações (atualização do banco de pareceristas). 2022-05-18T17:11:36+00:00 Revista Eletrônica Mutações <p>A Revista Eletrônica Mutações - Relem (ISSN Eletrônico 2178-7018), veículo de divulgação científica e tecnológica interdisciplinar (<a title="Revista Eletrônica Mutações" href="https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index">https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index</a>) da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) (<a title="Faculdade de Informação e Comunicação (FIC)" href="https://www.fic.ufam.edu.br/">https://www.fic.ufam.edu.br/</a>) da Universidade Federal do Amazonas - UFAM (<a title="Universidade Federal do Amazonas" href="https://ufam.edu.br">https://ufam.edu.br</a>), em colaboração com pesquisadores/as do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia - ICSEZ (<a title="Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia" href="https://icsez.ufam.edu.br/">https://icsez.ufam.edu.br/</a>), <strong>convida estudantes de doutorado e doutores para integrar o banco de pareceristas <em>ad hoc</em> do periódico</strong>.<br /><strong>Visa-se com este convite, potencializar as edições da Relem e primar pela qualidade das produções apresentadas à comunidade científica nacional e internacional.</strong><br />Como é de conhecimento público, a pandemia de coronavírus (COVID-19), doença infecciosa causada pelo vírus SARS-CoV-2, trouxe-nos várias limitações para a realização das atividades editoriais, entre as quais, as perdas irreparáveis de familiares e amigos. Com o intuito de qualificar as próximas edições da Relem, a atualização do banco de avaliadores/as/pareceristas se apresenta como estratégia primordial de regularização do processo editorial, que <strong>a partir deste semestre contará com a modalidade/modelo de arbitragem</strong> <strong>"<em>fast track"</em> </strong>de modo a agilizar o processo de publicação.</p> <p><strong>Nova política editorial de avaliação por pares (duplo cego): modelo "<em>Fast Track Publication" -</em> reafirmação das publicações por Fluxo Contínuo/Temas Livres.</strong></p> <p>A Revista Eletrônica Mutações (ISSN Eletrônico 2178-7018) foi classificada pelo Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2014/2016, no estrato B4 nas áreas de Geografia, Interdisciplinar e Planejamento Urbano e Regional / Demografia, no estrato B5 na área de Ciências Ambientais, Comunicação e Informação, Psicologia, Sociologia e no estrato C nas área de Linguística e Literatura.</p> <p>A classificação afeita ao Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2017/2020 apresenta o <strong><em>QUALIS CAPES: B3 (Single Qualis 2019)</em>. </strong>Esta classificação ainda está em fase conclusão para ampla divulgação.</p> <p><br />Agradecemos seu interesse em nosso trabalho,<br />Comissão Editorial Revista Mutações</p> 2022-05-18T17:11:36+00:00 //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/announcement/view/209 Edição v. 14 n. 23 (2021): DOSSIÊ: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional. 2022-05-16T02:13:43+00:00 Revista Eletrônica Mutações <p>Esta edição da Revista Eletrônica Mutações – (Relem) busca estabelecer uma convergência sobre a diversidade de pesquisas na área de Serviço Social (em matéria de Serviço Social). Esse objetivo decorre da colaboração sistemática de pesquisadores/as da área de Serviço Social os quais têm contribuído com a divulgação científica com mais de duas dezenas de trabalhos publicados em diferentes edições, e da articulação entre grupos de pesquisa nos âmbitos local, regional, nacional e internacional numa interface com outras áreas do conhecimento.</p> <p> </p> <p>Considerando-se a multiplicidade de perspectivas próprias da Revista Eletrônica Mutações, por seu caráter interdisciplinar, esta abre espaço para contribuirmos com a divulgação científica na área de Serviço Social como mais um canal de diálogo nestes tempos adversos ao debate fundado na defesa de argumentos com base em evidências científicas. O <strong>DOSSIÊ</strong>: PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional”, apresenta-se, assim, como uma alternativa a mais com o debate e com o acesso a leitores/as de demais áreas do conhecimento que partilhem em alguma medida dos princípios orientadores da Formação e do Trabalho Profissional, em síntese: que compartilhem dos princípios do Projeto Ético-Político do Serviço Social brasileiro num diálogo para além das fronteiras (admitindo-se produções teórico-práticas em matéria de Serviço Social/<em>Trabajo Social</em> em língua portuguesa e demais variações linguísticas do português – e em língua espanhola/<em>Español</em>).</p> <p> </p> <p>O Serviço Social é uma profissão regulamentada, no Brasil, pela Lei nº 8. 662 de 07 de junho de 1993, a qual dispõe sobre a profissão do assistente social e determina em seu artigo 4º as competências do/a assistente social e em seu artigo 5º as suas atribuições privativas. Tais prerrogativas propiciam à categoria adensar o debate sobre a realidade social posto que sua natureza interventiva não impõe restrições à sua dimensão investigativa, dupla e indissociável relação, traduzida nas diversas formas de expressar a produção do conhecimento (artigos/manuscritos de revisão teórica e/ou pesquisa bibliográfica e/ou de campo e/ou relatos de experiência e/ou conferências/mesas redondas/palestras).</p> <p> </p> <p>Nesse sentido, com esta edição visa-se reunir produções teórico-práticas acerca da diversidade de pesquisas que abrangem a formação e o trabalho profissional orientadas por um fio condutor: o Projeto Ético-Político hegemônico na categoria de inspiração marxiana. Não olvidamos o fato de haver um quadro societário refratário à visão de mundo e de homem fundada nos postulados de Karl Marx (1818-1883) - e das tradições marxistas -, e corroboram para o que já fora destacado por Netto (2007); Braz (2007) e Netto (2016) quando estes problematizam que tal Projeto Profissional estaria “sob ameaça” e/ou “em xeque” com “limitadores/inviabilizadores” ante o avanço da voga neoliberal e sua incidência no desmonte das políticas sociais, materializadoras dos direitos sociais consagrados na Constituição Federal de 1988.</p> <p> </p> <p>Nesse processo de desmonte, temos o caso preciso da Seguridade Social o qual é emblemático dessa problematização, entre outros. Todavia, em que pese tais adversidades, Teixeira e Braz (2009) revigoram a discussão com o destaque para os elementos constitutivos do Projeto Profissional e seus componentes que tendem a propiciar a materialidade do Projeto Ético-Político no processo sócio histórico.</p> <p> </p> <p>Essa linha de raciocínio corrobora a premência para que se decifrem continuamente as condicionantes/determinantes desse movimento que subjaz as relações sócio históricas no tempo presente em que a formação e o trabalho profissional são impactados e tensionados por tais mudanças macrossietárias. Assim, ao lançarmos este convite para a reunião de produções oriundas de pesquisas teórico-práticas da categoria profissional, buscamos contribuir com o desvendamento desse movimento no sentido de se reforçar a retroalimentação das perspectivas (e do otimismo) sinalizadas por Netto (1999; 2007) quando o autor sustenta que: “[...] o texto de 1999 já alertava para as ameaças neoliberais ao ‘projeto ético-político’; seu parágrafo final, todavia, era otimista: concluía, afirmando que o projeto ‘tem futuro [...] porque aponta precisamente para o combate - ético, teórico, ideológico, político e prático-social - ao neoliberalismo, de modo a preservar e atualizar os valores que, enquanto projeto profissional, o informam e o tornam solidário ao projeto de sociedade que interessa à massa da população (158)” (NETTO, 2007, p. 38-40; grifos do autor).</p> <p> </p> <p>Os/As coordenadores/as desta edição, sentem-se honrados pela abertura propiciada pela Relem e convidam pesquisadores/as, na qualidade de colaboradores/as (autores/as), a contribuírem com o fortalecimento do Projeto Ético-Político do Serviço Social e, por conseguinte, com o fortalecimento de um novo Projeto Societário, contrário à sociabilidade do capital, ao darem visibilidade aos resultados de suas investigações/produções. </p> <p> </p> <p><strong>Referências</strong></p> <p>BRASIL. <strong>Presidência da República. Lei nº 8. 662 de 07 de junho de 1993</strong>. Disponível em: &lt;http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp101.htm&gt;. Acesso em: 05 de abril de 2017.</p> <p> </p> <p>____. <strong>Código de Ética Profissional do Assistente Social</strong>. Brasília: CFESS, 1993.</p> <p> </p> <p>BRAZ, Marcelo. A hegemonia em xeque. Projeto ético-político do Serviço Social e seus elementos constitutivos. <strong>Revista Inscrita</strong>, Brasília (DF), ano 7, n. 10, 2007</p> <p> </p> <p>NETTO, José Paulo. Das ameaças a crise. <strong>Revista Inscrita</strong>, Brasília (DF), ano 7, n. 10, 2007.</p> <p> </p> <p>NETTO, José Paulo. Tendências do Serviço Social na América Latina e no Brasil. In: <strong>Serviço Social Portugal-Brasil: </strong>formação e exercício em tempos de crise. (Orgs.). BRAZ, Marcelo et al. Campinas: Papel Social, 2016. p. 63-70</p> <p> </p> <p>TEIXEIRA, Joaquina Barata; BRAZ, Marcelo. O projeto ético-político do Serviço Social. In: <strong>Serviço Social</strong>: direito sociais e competências profissionais. 2009. Disponível em&lt; www.abepss.org.br&gt;. Acesso em jun. de 2018.</p> <p> </p> <p><strong>SUBMISSÕES DE ARTIGOS/MANUSCRITOS</strong>: de 15 de maio a 15 de agosto de 2022.</p> <p><strong> </strong></p> <p><strong>Obs:</strong> 1) Os textos devem ser encaminhados para o e-mail: <a href="mailto:gladson@ufam.edu.br">gladson@ufam.edu.br</a> ou <a title="e-mail" href="mailto:relemufam@gmail.com">relemufam@gmail.com</a><span class="qu" tabindex="-1" role="gridcell" translate="no"><span class="go">.</span></span> Destacar em <strong>Assunto</strong>: <strong>DOSSIÊ: “</strong>PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL: convergências e perspectivas sobre formação e trabalho profissional”. Em caso de dúvidas sobre o processo, encaminhar mensagens de e-mail para o mesmo endereço acima; 2) Anexar declaração de revisão textual (norma culta da língua) conforme Anexo I</p> <p><strong>Na sequência, após o envio do trabalho por e-mail, realizar o cadastro na plataforma da Relem no endereço: </strong><a href="https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index">https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index</a> de acordo com as orientações da Relem.</p> <p> </p> <p>ANEXO I</p> <p><strong>DECLARAÇÃO</strong></p> <p> </p> <p> </p> <p>Declaro para os devidos fins que o manuscrito <strong>“Título do manuscrito” de autoria de “Nome/s do/a/s autor/as ”</strong> segue a norma culta da língua portuguesa e/ou<em> Español</em>.</p> <p> </p> <p>Local/data.</p> <p>_________________________________________________</p> <p>Assinatura</p> <p>Nome do/a Revisor/a</p> <p>Revisor</p> <p>Titulação</p> <p>Instituição em que foi formado/a</p> <p>CPF e/ou Documento de Identificação nos casos de colaboradores de outros países falantes do português e/ou espanhol/<em> Español</em></p> <p> </p> <p><strong>Revista Electrónica <em>Mutações - E</em><em>spañol</em></strong></p> <p><strong><u>Edición v. 15 n. 24 (2022): Dossie: INVESTIGACIÓN EN SERVICIO/TRABAJO SOCIAL: Convergencias e perspectivas sobre formación y trabajo profesional. </u></strong></p> <p>2022-05-16</p> <p> </p> <p>Estimados lectores/as,</p> <p>La revista electrónica Mutações (<a href="https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index">https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index</a>) de la Universidad Federal del Amazonas - UFAM (<a href="https://ufam.edu.br/">https://ufam.edu.br/</a>), invita a la sumisión de artículos/ manuscritos inéditos para el número 24 – “<strong>DOSSIE</strong>: INVESTIGACIÓN EN SERVICIO/TRABAJO SOCIAL: Convergencias e perspectivas sobre formación y trabajo profesional”, el cual será publicado en el segundo semestre del 2022.</p> <p> </p> <p><strong>Organizadores/as: Gladson Rosas Hauradou </strong>- ICSEZ/UFAM (<a href="https://ufam.edu.br/">https://ufam.edu.br/</a>),<strong> Patrício Azevedo Ribeiro - </strong>ICSEZ/UFAM (<a href="https://ufam.edu.br/">https://ufam.edu.br/</a>),<strong> Beatriz Adão Pascoal da Costa - </strong>NEPI/PUC/SP (<a href="https://www5.pucsp.br/paginainicial/">https://www5.pucsp.br/paginainicial/</a>) e<strong> Neusa Cavalcante Lima - UFF</strong> (<a href="https://www.uff.br/">https://www.uff.br/</a>).</p> <p> </p> <p>Esta edición de la revista electrónica <em>Mutações</em> – (Relem) busca establecer una convergencia sobre la diversidad de investigaciones en el área de Servicio/Trabajo Social (en materia de Servicio/ Trabajo Social). Este objetivo proviene de la colaboración sistemática de investigadores/as del área de Servicio/Trabajo Social los cuales han contribuido con la divulgación científica con más de dos decenas de trabajos publicados en diferentes ediciones, y de la articulación entre grupos de investigación en el ámbito local, regional, nacional e internacional en una vinculación con otras áreas del conocimiento.</p> <p>Se considera la multiplicidad de perspectivas propias de la revista electrónica <em>Mutações</em>, por su carácter interdisciplinar, la cual abre espacio para contribuir con la divulgación científica en el área de Servicio/ Trabajo Social como un canal más de diálogo en estos tiempos adversos al debate fundado en la defensa de argumentos con base en evidencias científicas.</p> <p>El <strong>DOSSIE</strong>: INVESTIGACIÓN EN SERVICIO/TRABAJO SOCIAL: Convergencias e perspectivas sobre formación y trabajo profesional, se presenta como una alternativa de un debate más para el acceso a las personas lectoras de otras áreas del conocimiento con el fin de que partan en alguna medida, de los principios orientadores de la formación y del trabajo profesional, en síntesis: que compartan los principios del proyecto ético-político del Servicio/Trabajo Social brasileños en un diálogo más allá de las fronteras (admitiéndose producciones teórico-prácticas en material de Servicio/Trabajo Social en lengua portuguesa y demás variaciones lingüísticas del portugués y en lengua española/ Español).</p> <p> </p> <p>El Servicio/Trabajo Social es una profesión reglamentada, en Brasil, por la Ley n8. 662 del 07 de junio de 1993, la cual dispone sobre la profesión del asistente social y determina en su artículo 4 las competencias del/a asistente social y en su artículo 5 sus atribuciones privativas. Tales prerrogativas propician a la categoría profundizar el debate sobre la realidad social, ya que su naturaleza interventiva no impone restricciones a su dimensión investigativa, doble e indisociable relación, traducida en las diversas formas de expresar la producción del conocimiento (artículos/ manuscritos de revisión teórica y/o investigación bibliográfica y/o de campo y/o relatos de experiencia y/o conferencias/mesas redondas).</p> <p> </p> <p>En este sentido, con la edición se busca reunir producciones teórico-prácticas acerca de la diversidad de pesquisas que abarquen la formación y el trabajo profesional orientadas por el hilo conductor: el proyecto ético-político hegemónico en la categoría de inspiración marxiana. No olvidamos el hecho de que existe un cuadro societario contrario a la visión del mundo y del ser humano fundada en los postulados de Karl Marx (1818-1883)- y de las tradiciones marxistas- y corroboran para lo que fue destacado por Netto (2007); Braz (2007) y Netto (2016), cuando problematizan que tal proyecto profesional estaría “bajo amenaza” y/o “en jaque” con “limitadores/inviabilizadores” ante el avance de la onda neoliberal y su incidencia en el desmonte de las políticas sociales, materializadoras de los derechos sociales consagrados en la Constitución Federal de 1988.</p> <p> </p> <p>En este proceso de desmonte, tenemos el caso puntual de la seguridad social, el cual es emblemático en esta problematización, entre otros. Todavía, a pesar de tales adversidades, Teixeira y Braz (2009) revitalizan la discusión con el énfasis para los elementos constitutivos del proyecto profesional y sus componentes que tienen a propiciar la materialidad del proyecto ético-político en el proceso socio histórico.</p> <p> </p> <p>Esta línea de raciocinio corrobora la importancia para que se descifren continuamente los condicionantes/determinantes de este movimiento que subyace las relaciones socio-históricas en el tiempo presente en que la formación y el trabajo profesional son impactados y tensionados por tales cambios macrosocietarios. Así, al extender esta invitación para la reunión de producciones oriundas de investigaciones teórico-prácticas de la categoría profesional, buscamos contribuir con el desvelamiento de este movimiento en el sentido de reforzar la retroalimentación de las perspectivas (y del optimismo) señalados por Netto (1999; 2007) cuando el autor sustenta que: “[...] el texto de 1999 ya alertaba para las amenazas neoliberales al ”proyecto ético-político”; su párrafo final, todavía, era optimista: concluía afirmando que el proyecto “tiene futuro [...] porque apunta precisamente para el combate -ético, teórico, ideológico, político y práctico-social- al neoliberalismo, de modo a preservar y actualizar los valores que, como proyecto profesional, lo informan y lo tornan solidario al proyecto de sociedad que interesa a la masa de la población (158)” (NETTO, 2007, p. 38-40; destaque del autor, traducción propia).</p> <p> </p> <p>Las personas coordinadoras de esta edición, se sienten honradas por la apertura propiciada por la Relem e invitan a pesquisadores/as, en la calidad de colaboradores/as (autores/as), a contribuir con el fortalecimiento del proyecto ético-político del Servicio/Trabajo Social y, por consiguiente, con el fortalecimiento de un nuevo proyecto societario, contrario a la sociabilidad del capital, al dar visibilidad a los resultados de sus investigaciones/producciones.</p> <p> </p> <p><strong>Referencias</strong></p> <p> </p> <p>BRASIL. <strong>Presidência da República. Lei nº 8. 662 de 07 de junho de 1993</strong>. Disponível em: &lt;http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp101.htm&gt;. Acesso em: 05 de abril de 2017.</p> <p> </p> <p>____. <strong>Código de Ética Profissional do Assistente Social</strong>. Brasília: CFESS, 1993.</p> <p> </p> <p>BRAZ, Marcelo. A hegemonia em xeque. Projeto ético-político do Serviço Social e seus elementos constitutivos. <strong>Revista Inscrita</strong>, Brasília (DF), ano 7, n. 10, 2007</p> <p> </p> <p>NETTO, José Paulo. Das ameaças a crise. <strong>Revista Inscrita</strong>, Brasília (DF), ano 7, n. 10, 2007.</p> <p> </p> <p>NETTO, José Paulo. Tendências do Serviço Social na América Latina e no Brasil. In: <strong>Serviço Social Portugal-Brasil: </strong>formação e exercício em tempos de crise. (Orgs.). BRAZ, Marcelo et al. Campinas: Papel Social, 2016. p. 63-70</p> <p> </p> <p>TEIXEIRA, Joaquina Barata; BRAZ, Marcelo. O projeto ético-político do Serviço Social. In: <strong>Serviço Social</strong>: direito sociais e competências profissionais. 2009. Disponível em&lt; www.abepss.org.br&gt;. Acesso em jun. de 2018.</p> <p> </p> <p><strong>SUMISIONES DE LOS ARTÍCULOS/ MANUSCRITOS:</strong> del 15 de mayo al 15 de agosto del 2022.</p> <p> </p> <p><strong>Obs</strong>: 1) Los textos deben ser enviados al e-mail: <a href="mailto:gladson@ufam.edu.br">gladson@ufam.edu.br </a> o <a title="e-mail" href="mailto:relemufam@gmail.com">relemufam@gmail.com</a>. Colocar en el asunto: <strong>DOSSIE</strong>: INVESTIGACIÓN EN SERVICIO/TRABAJO SOCIAL: Convergencias e perspectivas sobre formación y trabajo profesional. En caso de dudas sobre el proceso, enviar correo electrónico para la misma dirección señalada; 2) Anexar declaración de revisión textual (norma culta de la lengua) según el Anexo I.</p> <p> </p> <p>Posteriormente del envío del trabajo por correo electrónico, realizar la inscripción en la plataforma de Relem en la dirección: <a href="https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index">https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/index</a> de acuerdo con las orientaciones de Relem.</p> <p> </p> <p>ANEXO I</p> <p><strong>DECLARACIÓN</strong></p> <p> </p> <p>Declaro para los debidos fines que el manuscrito <strong>“Título del manuscrito”</strong> de la autoría de <strong>“Nombre/s de las personas autoras”</strong>, cumple con la norma culta de la lengua portuguesa y/o española.</p> <p> </p> <p>Lugar y fecha</p> <p>_______________________________________</p> <p> </p> <p>Firma</p> <p>Nombre de la persona revisora</p> <p>Persona revisora</p> <p>Título</p> <p>Institución en la que fue graduado</p> <p><em>CPF y/o documento de identificación en los casos de personas colaboradoras de otros países hablantes del portugués y/o español. </em></p> 2022-05-16T02:13:43+00:00