LINGUAGEM VERSUS COMUNICAÇÃO EM FREUD: SOBRE O INCONSCIENTE COMO UMA MÁQUINA DE RETÓRICA

Autores

  • Pedro Fernandez de Souza UFSCar

Resumo

Muitos autores notaram as similitudes entre os mecanismos inconscientes empregados na formação dos sonhos, segundo descrita por Freud, e as figuras de estilo ou de linguagem catalogadas e estudadas pela retórica. Nosso objetivo neste estudo foi o de usar essa comparação com a retórica para, em seguida, tentar compreender, ao menos em parte, que relações existem na disciplina freudiana entre linguagem, de um lado, e comunicação, de outro. Por vezes se propala a ideia de que a técnica terapêutica freudiana seria uma espécie particular de “arte do diálogo”. Nossa leitura chega a um resultado distinto: uma psicanálise não se daria tão simplesmente pelo diálogo, mas pela detecção e interpretação, da parte do analista, daquilo que é da ordem do não-comunicacional, que se expressa através da comunicação (em suas réstias, fímbrias e arestas).

Downloads

Publicado

2022-07-02