Modelos mentais dos estudantes do Ensino Médio sobre chuva ácida e efeito estufa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52894/CECi.2763-6623.v2.n1.e202201

Palavras-chave:

Ensino de Química, Química Ambiental, Ensino e aprendizagem, Experimentação, Simuladores

Resumo

Os estudantes apresentam dificuldade para desenvolver modelos mentais sobre conceitos químicos em nível macroscópico e submicroscópico. Assim, a pesquisa teve como objetivo analisar os modelos expressos pelos estudantes sobre os conceitos químicos de chuva ácida e Efeito Estufa em diferentes níveis de representação, com o uso de variados recursos pedagógicos. O referencial teórico consiste na teoria dos modelos mentais de Johnson-Laird. A metodologia pautou nos três momentos pedagógicos propostos por Delizoicov. As aulas e as atividades propostas foram desenvolvidas para os estudantes da terceira série do Ensino Médio de uma escola pública estadual, da região oeste do estado de São Paulo, pela plataforma Google Meet. A análise de dados baseou-se no método de análise de tokens, de caráter qualitativo, proposto por Johnson-Laird. Por meio da análise de dados, constatou-se que o uso de simuladores e a experimentação auxiliou no desenvolvimento de modelos mentais dos estudantes sobre os conceitos abordados. Além disso, destaca-se a ampliação da investigação dos modelos mentais dos estudantes, nos diferentes níveis de representação dos conceitos químicos, por meio do uso de recursos pedagógicos, pela comunidade acadêmica, a fim de compreender como os estudantes pensam determinados conceitos científicos e tentar promover melhorias nos modelos expressos pelos estudantes

Referências

CARMO, M. P.; MARCONDES, M. E. R. Abordando soluções em sala de aula: uma experiência de ensino a partir das ideias dos alunos. Química Nova na Escola, São Paulo, v. 28, n. 9, p. 37-41, dez. 2008.

CRESTANI, E. R. M. F.; KLEIN, C.; LOCATELLI, A. Representação de moléculas com balinhas de goma e o ensino de geometria molecular. In: II Mostra Gaúcha de Validação de Produtos Educacionais. Anais da II Mostra Gaúcha de Validação de Produtos Educacionais - UPF, 2016.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A.; PERNAMBUCO, M. M. Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. 3 ed. São Paulo: Cortez Editora. 2009. 368 p.

FLICK, U. Introdução à Pesquisa Qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed Editora, 2009. 405 p.

GIBIN, G. B.; FERREIRA, L. H. Contribuições de formas de coleta de dados para a investigação de modelos mentais sobre o fenômeno de dissolução de compostos iônicos. In: XV Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino. Anais do XV Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino - UFMG, 2010.

GIBIN, G. B. et al. Investigação sobre modelos mentais de alunos do Ensino Médio sobre o efeito estufa: uso de simulações computacionais como auxílio no desenvolvimento. In: XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química. Anais do XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química - UFSC, 2016.

HESTNESS, E.; MCGINNIS, J. R.; BRESLYN, W. Examining the relationship between middle school students’ sociocultural participation and their ideas about climate change. Environmental Education Research, United Kingdom, v. 25, n. 6, p. 912-924, 2019.

JOHNSON-LAIRD, P. N. Mental models: towards a cognitive science of language, inference, and consciousness. Cambridge, MA: Harvard University Press, 1983.

JOHNSTONE, A. H. The development of chemistry teaching. University Chemistry Education, Cambridge, v. 70, n. 9, p. 701-705, 1993.

JOHNSTONE, A. H. Chemical education research: where from here? University Chemistry Education, Cambridge, v. 4, n. 1, p. 34-38, 2000.

LOPES, F. A. M. H et al. Modelos Mentais: Uma construção teórica significativa no processo de ensino-aprendizagem de Química. In: I Encontro Regional de Química/ IV Semana de Química da UFCG. Anais do I Encontro Regional de Química/ IV Semana de Química da UFCG - UFCG, 2018.

MAJID, A.; PRAHANI, B. K. Analyze of Students’ Learning Outcomes Based On Mental Models of Atomic Structure. IOSR J. Res. Method Educ, New York, v. 7, n. 1, p. 120-124, 2017.

MARQUES, D. A. Estudo do desenvolvimento de modelos mentais sobre o conceito de ligações químicas e sua relação com obstáculos epistemológicos. 2015. Dissertação (Mestrado em Química), Universidade Federal do Amazonas, Manaus/AM, 2015, 177 p.

MOREIRA, M. A. Modelos mentais. Investigações em ensino de ciências, Porto Alegre, v. 1, n. 3, p. 193-232, 1996.

MUENCHEN, C.; DELIZOICOV, D. Os três momentos pedagógicos e o contexto de produção do livro “Física”. Ciência & Educação, Bauru, v. 20, n. 3, p. 617-638, 2014.

SANTOS, W. L. P.; SCHNETZLER, R. P. Educação em Química: compromisso para cidadania. Unijuí: Ijuí, 2003.

THACKER, I.; SINATRA, G. M. Visualizing the greenhouse effect: Restructuring mental models of climate change through a guided online simulation. Education Sciences, Los Angeles, v. 9, n. 1, p. 14, 2019.

UPAHI, J. E.; RAMNARAIN, U. Representations of chemical phenomena in secondary school chemistry textbooks. Chemistry Education Research and Practice, United Kingdom, v. 20, n. 1, p. 146-159, 2019.

VARELA, B.; SESTO, V.; RODEJA, I. G. An investigation of secondary students’ mental models of climate change and the greenhouse effect. Research in Science Education, Springfield, v. 50, n. 2, p. 599-624, 2020.

WIEMAN, Carl. PhET interractive simulations. 2002. Disponível em: <https://phet.colorado.edu/pt_BR/>. Acesso em: 16/03/2020.

Downloads

Publicado

2022-02-02

Como Citar

RAMOS, K. F.; GIBIN, G. B. Modelos mentais dos estudantes do Ensino Médio sobre chuva ácida e efeito estufa. Caderno Amazonense de Pesquisa em Ensino de Ciencias e Matemática, [S. l.], v. 2, n. 1, p. e202201, 2022. DOI: 10.52894/CECi.2763-6623.v2.n1.e202201. Disponível em: //www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/ceci/article/view/10209. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Fluxo Contínuo