GEOGRAFIA DAS COLÔNIAS AGRÍCOLAS NO MÉDIO RIO AMAZONAS, MUNICÍPIO DE URUCARÁ-AM/ Geography of agricultural colonies in the middle Amazon river, municipality of Urucará-AM

  • Arenilton Monteiro Serrão Universidade Federal do Amazonas
  • Manuel de Jesus Masulo da Cruz Universidade Federal do Amazonas

Resumo

Os sujeitos sociais tratados nessa pesquisa foram os camponeses historicamente constituídos nas várzeas do médio rio Amazonas, em especial nos municípios de Urucará, Parintins e Urucurituba. Nesse ecossistema, pela absorção de diferentes traços culturais, estabeleceram relações econômicas, sociais e territoriais, condição que prevaleceu até meados da década de 1950, quando grandes enchentes/cheias e indisponibilidade de terras forçaram a migração permanente para as áreas de terra firme nas décadas de 1960/70. Historicamente a base de sustentação socioeconômica desses municípios, em especial Urucará, foco da nossa pesquisa, esteve ligada a atividade camponesa e suas possíveis relações com a terra, floresta e água possibilitaram uma agricultura de subsistência, práticas extrativas e atividades pesqueiras, destacando o protagonismo da várzea na vida e nas relações estabelecidas. Sua integração mercantil possibilitou trocas de produtos e mercadorias e ao mesmo tempo, relações de exploração e subordinação do trabalho camponês, sistema rompido ou acentuado pelas novas conjunturas políticas, econômicas e sociais da década de 1960. Essa década é emblemática não apenas pela visibilidade que os movimentos sociais no campo adquiriram no Brasil, mas especialmente pela organização e fortalecimento do campesinato no médio rio Amazonas. A territorialização camponesa na terra firme se deu através de Comunidades Eclesiais de Bases e colônias agrícolas, fortalecendo suas lutas através da criação de entidades (associações, cooperativas, sindicatos, Escola Família Agrícola) e principalmente, de uma instituição que coordenasse e articulasse as ações juntamente aos setores estatais, engajado de forma ou de outra, despertar a consciência política e social desses sujeitos sociais.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestrando em Geografia pela universidade Federal do Amazonas- Departamento de Pós-graduação em Geografia

Publicado
2019-08-16
Como Citar
SERRÃO, Arenilton Monteiro; CRUZ, Manuel de Jesus Masulo da. GEOGRAFIA DAS COLÔNIAS AGRÍCOLAS NO MÉDIO RIO AMAZONAS, MUNICÍPIO DE URUCARÁ-AM/ Geography of agricultural colonies in the middle Amazon river, municipality of Urucará-AM. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 10, n. 35, p. 57-73, ago. 2019. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/5403>. Acesso em: 15 nov. 2019. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2019.V.10.N.35.57.73.