BATIMETRIA FLUVIAL ESTIMADA COM EQUIPAMENTO DE SONDAGEM: UM ESTUDO DE CASO NO RIO SOLIMÕES, NO CONTORNO DA ILHA DA MARCHANTARIA – IRANDUBA/AM

  • André Campos Alves Universidade Federal do Amazonas
  • José Alberto Lima de Carvalho Universidade Federal do Amazonas

Resumo

Rios jovens como o Solimões possuem dinâmica fluvial muito intensa. Essa intensa dinâmica permite constante mudança na paisagem do cenário amazônico e constitui um campo de interesse da geomorfologia fluvial. Neste trabalho, foram abordadas as mudanças da morfologia do leito de um trecho do rio Solimões a partir de dados de um ecobatimetro. Constatou-se que há alterações expressivas no entorno da ilha da Marchantaria, implicando em transformações da paisagem e de caráter social e econômico, merecendo um estudo futuro mais aprofundado.

Publicado
2018-12-17
Como Citar
ALVES, André Campos; CARVALHO, José Alberto Lima de. BATIMETRIA FLUVIAL ESTIMADA COM EQUIPAMENTO DE SONDAGEM: UM ESTUDO DE CASO NO RIO SOLIMÕES, NO CONTORNO DA ILHA DA MARCHANTARIA – IRANDUBA/AM. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 33, p. 187-191, dez. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4990>. Acesso em: 25 mar. 2019. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.33.187.191.
Seção
Anais do Seminário de Projetos do Programa de Pós-graduação em Geografia -UFAM