ANÁLISE DE ASPECTOS HIDROLÓGICOS DAS SUB-BACIAS DO PARNAÍBA E ITAPECURU EM TIMON, MA/ Analysis of aspects hydrological of the Parnaíba and Itapecuru sub-basins in Timon, MA

  • Tiago Rodrigues da Silva Instituto Federal do Maranhão, Campus Timon
  • Cristiano Jackson da Costa Coelho Instituto Federal do Maranhão

Resumo

O artigo teve como objetivo analisar a dinâmica hidrológica a partir da determinação da interceptação, evapotranspiração, infiltração e escoamento superficial nas sub-bacias hidrográficas do Parnaíba e Itapecuru situadas no município de Timon, Maranhão. O uso e ocupação do solo e suas relações com a cobertura vegetal foram os principais parâmetros utilizados para a interpretação dos dados. Para tanto, foram utilizada metodologias para estudos básicos em hidrologia aplicados a pequenas bacias hidrográficas. Os resultados mostram que os volumes dos aspectos hidrológicos obtidos são diretamente influenciados pelo grau de cobertura vegetal. Os comportamentos hidrológicos em ambas as sub-bacias ocorrem de maneira similar nas unidades de paisagem de vegetação densa, rasteira e solo exposto. No entanto há a distinção do uso e ocupação em uma área urbanizada, presente somente na sub-bacia do Parnaíba, exercendo alterações nos processos do ciclo hidrológico.

Referências

ALCÂNTARA, E.H; SANTOS, M.C.F.V. Metodologia para estudos básicos em hidrologia aplicados a pequenas bacias hidrográficas. UFMA. São Luís, 2002.

BACELLAR, L.A.P. O papel das florestas no regime hidrológico de bacias hidrográficas. Geo.br. vol. 1, p. 1-39, 2005.

BALBINOT, R. et al. O papel da floresta no ciclo hidrológico em bacias hidrográficas. Ambiência, Guarapuava, PR. v.4, n.1, p.131-149, jan./abr., 2008.

BERTRAND, G. Paisagem e Geografia física global: esboço metodológico. Cadernos de Ciências da Terra, São Paulo: IGEOG/USP, n. 13, 1971.

BLAKE, G.J. The interception process. In: T.G. Chapman and F.X. Dunin (eds.). Prediction in Catchment Hydrolgy.Australian Academy of Science, Canberra, p. 59-81, 1975.

BRASIL. Agência Nacional de Águas. Conjuntura dos recursos hídricos no Brasil: regiões hidrográficas brasileiras. Brasília: ANA, 2015.

CLARK, O. R. Interception of rainfall by grasses weeds and certain crop plants.Ecological Monographs. v.10, n. 2, p. 243-277, 1940.

CLARKE, R. T.; TUCCI, C. E. M. Impacto das mudanças da cobertura vegetal no escoamento: revisão. Revista Brasileira de Recursos Hídricos. v. 2, n. 1, jan./jun., p. 135-152, 1997.

CORREIA FILHO, F. L. et al. Projeto Cadastro de Fontes de Abastecimento por Água Subterrânea, estado do Maranhão: relatório diagnóstico do município de Timon. Teresina: CPRM, 2011.

COSTA, C. D. O. et al. Produção e deposição de sedimentos em uma sub-bacia hidrográfica com solos suscetíveis à erosão. Irriga, Botucatu. v. 21, n. 2, p. 284-299, maio/jun., 2016.

CUNHA, J. E. B. L. et al. Dinâmica sazonal da cobertura do solo em uma região semiárida e seus impactos no ciclo hidrológico. Revista Brasileira de Recursos Hídricos. v, 19, n. 2, p. 197-207, abr./jun.,2014.

GRAY, D. M. Handbook of the principles of hydrology. Huntington: WaterInformation Center. 1970.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE/Cidades). Dados da população estimada e área da unidade territorial e mapas. 2017. Disponível em: Acesso em: 30 de jun. 2017.

INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET). Banco de dados meteorológicos para ensino e pesquisa (BDMEP). Disponível em: . Acesso em: 16 de jan. 2016.

KOHLER, M.A; RICHARDS, M. M. Multi-Capacity Basin Accounting for Predicting Runofffrom Storm Precipitation. Journal of Geophysical Rosearch. Washington, p. 5187-97, 1962.

LEITE, S. P.; SILVA, C. R.; HENRIQUES, L. C. Impactos ambientais ocasionados pela agropecuária no complexo Aluízio Campos. Revista Brasileira de Informações Científicas. v.2, n.2, p.59-64. 2011.

LOMBARDI NETO, F.; BERTONI, J. Conservação do solo. 7. ed. São Paulo: Ícone Editora, 2010.

MONTEIRO, B. G.; SILVA JUNIOR, J. L. C. Precipitação efetiva e interceptação no bioma Cerrado em uma microbacia experimental. Agri-Environmental Sciences. v. 1. n. 3, p.50-54, 2015.

NICOLETTI, A. L. Interceptação e escoamento superficial em diferentes estágios de regeneração em floresta ombrófila densa na Mata Atlântica. 2016. 104f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal). Universidade Regional de Blumenau. Blumenau, 2016.

PAZ, A. R. Hidrologia Aplicada. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, Caxias do Sul, 2004.

PINTO, N. L. S.; et al. Hidrologia básica. 11. ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2008.

SEBUSIANI, H. R. V.; BETTINE, S. C. Metodologia de análise do uso e ocupação do solo em micro bacia urbana. G&DR. Taubaté, SP, Brasil, v. 7, n. 1, p. 256-285, jan./abr., 2011.

SILVA. M. S. Crescimento urbano e degradação ambiental: a ausência de espaços livres no Residencial Novo Tempo em Timon-MA. 108 f. 2016. Dissertação (Mestrado em Práticas em Desenvolvimento Sustentável). Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2016.

SOIL AND CONSERVATION SERVICE (SCS). Engineering Handbook: Section 4, Hydrology. Supplement A. United States Department of Agriculture. Washington, D.C, 1957.

TIMON. Secretaria Municipal de Planejamento. Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Timon, 2014.

TUCCI, C. E. M. Hidrologia: ciência e aplicação. 2. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2001.

______; MENDES, C. A. Avaliação ambiental integrada de bacia hidrográfica. Brasília: MMA, 2006.

VAEZA, R. F. et al. Uso e ocupação do solo em bacia hidrográfica urbana a partir de imagens orbitais de alta resolução. Floresta e Ambiente, v. 17, n.1, p.23-29, 2010.
Publicado
2018-12-16
Como Citar
SILVA, Tiago Rodrigues da; COELHO, Cristiano Jackson da Costa. ANÁLISE DE ASPECTOS HIDROLÓGICOS DAS SUB-BACIAS DO PARNAÍBA E ITAPECURU EM TIMON, MA/ Analysis of aspects hydrological of the Parnaíba and Itapecuru sub-basins in Timon, MA. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 33, p. 95-110, dez. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4135>. Acesso em: 19 jan. 2019. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.33.95.110.
Seção
Artigos