MODELOS GEOPOLÍTICOS: UMA INTERPRETAÇÃO DE MUNDO/Geopolitic Models: a world interpretation

  • Wendell Teles de Lima Centro de Estudos Superiores de Tabatinga - Universidade do Estado do Amazonas - CSTB-UEA
  • Ana Maria Libório Oliveira Professora do Instituto Federal de Brasília
  • Itaçara Oliveira Silva Centro de Estudos Superiores de Tabatinga - Universidade do Estado do Amazonas - CSTB-UEA

Resumo

As teorias de interpretação da realidade geográfica do mundo contemporâneo, diante de uma perspectiva geopolítica, em sua grande maioria, são restritas a um modelo baseado no regionalismo tradicional francês, em princípio, baseado no quadro teórico interpretativo da escola francesa, no século XIX, nesse sentido, é necessário que a busca intelectual seja feita para superar este paradigma, para a interpretação dos fenômenos geográficos e geopolíticos, em função da nova realidade mundial, na perspectiva dos novos centros de poder. Portanto, a construção ainda em curso de um mundo multipolar rebate na emergência dos novos centros. Na superação desse fato, tem-se as teorias neoeurasianas e meridionalistas, buscou-se compreender essas duas teorias e em seguida uma alternativa ainda inicial proposta pela teórica das escalas geopolíticas geográficas multifunções. Os caminhos trilhados para esse objetivo foram: a organização do pensamento através da metodologia interpretativa das duas teorias, logo depois, uma interpretação de uma nova possibilidade, interpretativa de proposição geopolítica. 

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Doutor em Geografia - UFPR, Mestre em Geografia-UNIR, Especialista em Turismo e Gestão Territorial - UFAM, Bacharel em Geografia- UFAM, Graduado em Geografia -UFAM, Professor Efetivo da Universidade do Estado do Amazonas/ UEA - Centro de Estudos Superiores de Tabatinga/CSTB
##submission.authorWithAffiliation##
Mestre em Estudos Amazônicos
##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Genética

Doutorando Educação Ambiental

Professora efetiva do CSTBUEA

Referências

ALBUQUERQUE. Edu Silvestre de. Edu Silvestre de. A teoria geopolítica meridionais de André Martin. Revista Geopolítica, p. 10. 2014. Disponível em: . Acessado em 05 de outubro de 2014.

CARVALHO, Gisélia Lima. Região: Evolução de uma categoria de análise de geografia. Boletim de geografia Native of Goiás, n ° 01, p.1 -17, jan. / Jun, 2002.

CASTRO, Iná Elias de Castro. Geografia e Política: território, escalas de ação e instituições. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

DUGIN, Alexander. Continente guerra grande. Lisboa: Antagonista, 2006.

HAESBAERT, Rogério. Regional global: os dilemas da região e da regionalização na geografia contemporânea. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

LACOSTE, Yves. A Geografia que serve, primeiro, para fazer a guerra. São Paulo: Papirus, 1993.

MATOS. Dídimo. Neo-eurasianismo e o redespertar russo. Revista Geopolítica, nº 2, p. 71 - 79, jul. / Dec. 2012.

MATOS. Dídimo. Do coração da Rússia para o mundo. Revista Geopolítica, p. 75. 2012. Disponível em: . Acessado em 05 de outubro de 2014.

MORAES, Antônio Carlos Robert. Geografia: pequena história critica. São Paulo: Hucitec, 1994.

RT, Mapas: ¿Cómo representan el mundo diferentes países? 2015. Disponível em:. Acesso em 12 de agosto de 2017.

SANTOS, Milton. Técnico, espacial e horário: globalização e um pouco científico técnico - informativo. São Paulo: Hucitec, 1994.
Publicado
2017-12-22
Como Citar
DE LIMA, Wendell Teles; OLIVEIRA, Ana Maria Libório; SILVA, Itaçara Oliveira. MODELOS GEOPOLÍTICOS: UMA INTERPRETAÇÃO DE MUNDO/Geopolitic Models: a world interpretation. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 8, n. 30, p. 118-132, dez. 2017. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/3716>. Acesso em: 23 jul. 2018. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2017.V.8.N.30.118.132.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Geopolítica, teorias, mundo.