CIDADES FRACTAIS: AS FRONTEIRAS URBANAS E SUAS CORRELAÇÕES COM A VIOLÊNCIA URBANA. ESTUDO DE CASO DA CIDADE DE RIO CLARO/SP

  • José Gustavo Viégas Carneiro
  • Maria Cecília Vecchiato Saenz Carneiro

Resumo

O sistema capitalista adotou em escala mundial o processo de gentrificação para valorizar espaços urbanos e estrategicamente transformá-los em lucrativas mercadorias. Surgem as cidades fractais que ampliam as discussões sobre o conceito de fronteira, em especial, no espaço urbano. A gentrificação é vista como uma nova fronteira urbana que em muitas cidade
Publicado
2013-07-10
Como Citar
CARNEIRO, José Gustavo Viégas; CARNEIRO, Maria Cecília Vecchiato Saenz. CIDADES FRACTAIS: AS FRONTEIRAS URBANAS E SUAS CORRELAÇÕES COM A VIOLÊNCIA URBANA. ESTUDO DE CASO DA CIDADE DE RIO CLARO/SP. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 4, n. 12, p. 1445-1461, jul. 2013. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/1245>. Acesso em: 16 out. 2019.

Palavras-chave

fronteiras urbanas, cidade fractal, gentrificação, violência urbana, sistema capitalista.