FRONTEIRA, INTERCULTURALIDADE E DIALOGISMO

  • Roberto Filizola UFPR
  • Beatriz Helena Furlanetto UFPR

Resumo

O presente trabalho é uma reflexão, ainda que em estágio preliminar, acerca de fronteira e interculturalidade na região transfronteiriça de Guajará-Mirim- Guayaramerin, entre o estado de Rondônia e o Departamento de Beni, na vizinha Bolívia. Evitando a descrição do conceito moderno ou o pós-moderno de fronteira, a análise reflexiva encontrou apoio no fenômeno transfronteiriço para reconhecer a interculturalidade como passagem de fronteira. Esse fato foi reafirmado a partir da análise das falas de jovens estudantes guajaramirenses a respeito de fronteira, realizada na perspectiva dialógica.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
UFPR
##submission.authorWithAffiliation##
UFPR
Publicado
2013-07-10
Como Citar
FILIZOLA, Roberto; FURLANETTO, Beatriz Helena. FRONTEIRA, INTERCULTURALIDADE E DIALOGISMO. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 4, n. 12, p. 1071-1089, jul. 2013. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/1222>. Acesso em: 21 out. 2019.

Palavras-chave

Fronteira. interculturalidade. hibridismo cultural. movimento transfronteiriço. cultura e identidade.