DA DELIMITAÇÃO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA/CE À DISCUSSÃO DOS CONCEITOS DE TERRITÓRIO E FRONTEIRA

  • Juliana Santos Bandeira UFC
  • Jáder Ribeiro de Lima UFC

Resumo

É comum em um território uma população reafirmar ou negar a demarcação político-administrativa através de diferentes práticas e representações. Através de processos de interação entre Estado, Município e a população é que podemos compreender o significado discursivo da fronteira política e social. Isso provém de problemas relacionados à administração pública, regional ou cultural, que acaba transformando essa fronteira em “fronteiras”, assinalando assim, diferentes formas de vivência e apropriação do espaço e/ou território pela população. Este trabalho tem como objetivo discutir dois conceitos da Geografia: Território e Fronteira, trabalhados enquanto limite sócio-espacial, amparados pela ideia de demarcação e separação de realidades através do processo de delimitação territorial do município de Fortaleza/CE.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
UFC
##submission.authorWithAffiliation##
UFC
Publicado
2013-07-10
Como Citar
SANTOS BANDEIRA, Juliana; RIBEIRO DE LIMA, Jáder. DA DELIMITAÇÃO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA/CE À DISCUSSÃO DOS CONCEITOS DE TERRITÓRIO E FRONTEIRA. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 4, n. 12, p. 1039-1052, jul. 2013. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/1220>. Acesso em: 16 out. 2019.

Palavras-chave

Limite sócio-espacial; território; fronteira.