A IDENTIDADE DOS BAIRROS POPULARES DE CAMPO GRANDE-MS: O CASO DA FAVELA CIDADE DE DEUS E SUAS CONTRADIÇÕES

  • Renato Duarte

Resumo

Este artigo refere-se ao processo de reordenamento urbano que sofreu a capital sul-mato-grossense, Campo Grande – MS, que durante sua concepção sofreu um processo de ocupação desordenada em áreas determinadas pela Prefeitura Municipal de Campo Grande (PMCG) que estabeleceu através de seu plano diretor a mudança ou realocação destas pessoas para áreas na periferia da cidade que são áreas mais seguras que recebem a gestão do Estado no processo de organização, gerenciamento e distribuição. Como é o caso da favela Cidade de Deus que se localiza próximo ao lixão de Campo Grande – MS sendo formada principalmente por agentes de reciclagem que ocuparam aquela região devido à proximidade da sua região de trabalho. Mesmo que este processo não atinja os desejos da população que participam deste processo.

##submission.authorBiography##

Renato Duarte
UFAM
Publicado
2013-07-10
Como Citar
DUARTE, Renato. A IDENTIDADE DOS BAIRROS POPULARES DE CAMPO GRANDE-MS: O CASO DA FAVELA CIDADE DE DEUS E SUAS CONTRADIÇÕES. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 4, n. 12, p. 590 - 603, jul. 2013. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/1193>. Acesso em: 15 out. 2019.

Palavras-chave

Habitação – Desfavelização – Cidade de Deus – Identidade – Estado