O DISCURSO DA ESTIAGEM COMO FATOR LIMITANTE AO CRESCIMENTO ECONÔMICO: UM ESTUDO DE CASO DA CIDADE DE CABACEIRAS – PB

  • Rafael Ramos Pereira
  • Alexandre de Oliveira Souza IFPB

Resumo

Desmistificar da relação entre estiagem e falta de crescimento econômico confeccionou artigo à seguinte indagação: será a falta de chuva fator imprescindível para o crescimento da economia do semiárido nordestino brasileiro? Utilizando o método dialético em um estudo qualitativo das variáveis ambientais e qualitativo e quantitativo das variáveis econômicas e demográficas da cidade de Cabaceiras-PB, e comparando a outras de mesmas características ambientais inseridas na microrregião do Cariri. A resposta à questão levantada baseou-se em reflexão teórica debruçada em interpretações dos dados estatísticos disponíveis no IBGE. A alternativa para a economia apontou o turismo, o artesanato e a caprinocultura, ensejando uma alternativa para o crescimento econômico de Cabaceiras-PB.

##submission.authorBiography##

Rafael Ramos Pereira
IFPB
Publicado
2013-07-10
Como Citar
PEREIRA, Rafael Ramos; SOUZA, Alexandre de Oliveira. O DISCURSO DA ESTIAGEM COMO FATOR LIMITANTE AO CRESCIMENTO ECONÔMICO: UM ESTUDO DE CASO DA CIDADE DE CABACEIRAS – PB. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 4, n. 12, p. 503 - 519, jul. 2013. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/1186>. Acesso em: 23 jul. 2019.

Palavras-chave

Estiagem, Alternativa para crescimento, Crescimento econômico.