Desconstrução do mito sobre a utilização de hormônios exógenos na produção avícola

  • João Paulo Ferreira Rufino UFAM, Faculdade de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, Manaus, Amazonas, Brasil.
  • Frank George Guimarães Cruz UFAM, Faculdade de Ciências Agrárias, Depart. de Produção Animal e Vegetal, Manaus, Amazonas, Brasil.
  • André Ferreira Silva UFAM, Faculdade de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, Manaus, Amazonas, Brasil.
  • Valcely da Rocha Costa UFAM, Faculdade de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, Manaus, Amazonas, Brasil.
  • Ana Paula Guimarães Cruz Costa UFAM, Faculdade de Ciências Agrárias, Curso de Zootecnia, Manaus, Amazonas, Brasil.
  • Natalia dos Santos Bezerra UFAM, Faculdade de Ciências Agrárias, Curso de Zootecnia, Manaus, Amazonas, Brasil.

Resumo

O objetivo deste artigo foi contribuir para o esclarecimento acerca da não utilização de hormônios exógenos na produção de frangos, a fim de auxiliar os consumidores com informações adequadas sobre os alimentos estão sendo produzidos. A revisão da literatura foi realizada a partir da investigação de artigos e material técnico-cientifico relacionados ao tema. Os estudos avaliados evidenciam a inexistência de efeito positivo da utilização exógena de hormônios no crescimento das aves, ou seja, não constatou-se vantagem técnica ou desempenho zootécnico excepcional que justifique sua aplicação na indústria avícola. Neste contexto, a utilização destas substâncias seria inviável produtivo e economicamente em função de custos elevados e dificuldade de manejo individual das aves, além do fato que no Brasil há uma rígida legislação que proíbe a utilização de hormônios para fins de promoção do crescimento das aves, independente da aptidão. Conclui-se, portanto, que foi possível esclarecer questões acerca da utilização de hormônios exógenos em aves, constatando-se que estes não possibilitam a obtenção de vantagens zootécnicas, e que há uma inviabilidade prática e econômica para sua aplicação na indústria. Todavia, verifica-se que o acelerado desenvolvimento das aves oriundas das linhagens modernas deve-se, principalmente, a tecnificação dos sistemas de produção e dos programas de melhoramento genético destas.
Publicado
2016-09-01
Como Citar
RUFINO, João Paulo Ferreira et al. Desconstrução do mito sobre a utilização de hormônios exógenos na produção avícola. Revista Científica de Avicultura e Suinocultura, [S.l.], v. 2, n. 2, set. 2016. ISSN 2447-8466. Disponível em: <http://www.periodicos.ufam.edu.br/RECAS/article/view/2751>. Acesso em: 21 ago. 2018.
Seção
Revisões Originais Avicultura